Clique e assine com até 75% de desconto

Correio técnico: o que é ponto H e como influencia o projeto de um carro?

A dúvida é do leitor Francisco Assis Lima de Brasília, Distrito Federal

Por Leonardo Barboza Atualizado em 31 ago 2020, 18h40 - Publicado em 1 set 2020, 07h00
A esfera vermelha indica o ponto H do condutor Reprodução/Internet

O que é o ponto H de um veículo? Para que serve e quais são as variações que existem entre os diferentes tipos de carroceria? – Francisco Assis Lima, Brasília (DF).

Quem responde é o engenheiro associado da SAE Brasil, Antonio Carlos Bertelli. Segundo ele, o ponto H é o ponto de referência que serve para determinar campo de visão do motorista, posição do volante, painel de instrumentos, pedais, retrovisores, conforto dos assentos e facilidade de entrada e saída do veículo, entre outras coisas.

Ele influencia até na aerodinâmica do carro em função dos limites da altura do teto e da inclinação do para-brisa. Quanto à segurança, o ponto H também se relaciona com a instalação de dispositivos como airbags, cintos, reforços estruturais da carroceria e no próprio projeto dos bancos..

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

Sendo assim, o ponto H serve para determinar diversos parâmetros no projeto de um veículo, desde a ergonomia do seu interior até o projeto de segurança no desenvolvimento de um automóvel.

O ponto H se localiza no espaço ocupado pelo quadril do motorista Divulgação/Mercedes-Benz

As variações que existem entre os diferentes tipos de carroceria é que em um ponto H mais baixo ou rebaixado dá um maior prazer ao dirigir por facilitar a interação do motorista com o veículo, que é o caso dos esportivos.

Já ao contrário, um ponto H elevado traz mais conforto referente à área de visão mais ampla e à facilidade de acesso ao assento e passa pela posição de dirigir normalmente mais cômoda, que é o caso de SUVs, minivans e picapes.

Tem alguma dúvida? Mande sua pergunta para: correiotecnico@quatro-rodas.com.br

  • Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da edição de maio da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Continua após a publicidade
    Publicidade