Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Confirmado para o Brasil, BMW i4 é sedã elétrico com grade gigante

Novo cupê de quatro portas da alemã promete marcar entrada definitiva da BMW no mercado dos carros elétricos, indo além de modelos incomuns e SUVs

Por Eduardo Passos 17 mar 2021, 20h09
Mesmo sem função, a grade duplo rim seguirá viva nos BMW elétricos
Mesmo sem função aerodinâmica, a grade duplo rim seguirá viva nos BMW elétricos Divulgação/BMW

Um ano após ter seu conceito revelado, o novo BMW i4 foi apresentado, nesta quarta-feira (17), na conferência anual da fabricante alemã.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 7,90.

Totalmente elétrico, o sedã se apoia no design clássico da BMW para ganhar espaço no concorrido nicho dos elétricos, em franca expansão. Mesmo que no Brasil a realidade seja oposta, o lançamento também está garantido ao nosso mercado.

A intenção da BMW é aproveitar seu estilo icônico para se alavancar no mercado dos EVs, alcançando concorrentes como Tesla e Volkswagen. Desse modo, o i4 se baseia no Série 4, sendo um cupê quatro-portas até mesmo com a enorme grade duplo rim na dianteira, mesmo que decorativa – elétricos não precisam de tamanho fluxo de ar para arrefecer seus motores.

Maioria das versões do i4 contarão com tração traseira
Maioria das versões do i4 contarão com tração traseira Divulgação/BMW

“Com sua aparência esportiva, melhor dinâmica de condução e emissões locais zero, o BMW i4 é um BMW de verdade. Isso faz com que o coração da marca BMW agora bata totalmente elétrico”, afirma o executivo da montadora, Pieter Nota.

Continua após a publicidade

Previsto ainda para este ano, o BMW i4 promete autonomia de até 480 km (padrão EPA) e será vendido em três versões – uma delas parte da linha M Performance. 

Novo modelo perde em autonomia para seu concorrente Tesla Model 3
Novo modelo perde em autonomia para seu concorrente Tesla Model 3 Divulgação/BMW

As versões iniciais, eDrive35 e eDrive40, têm motores elétricos no eixo traseiro, enquanto a variante esportiva M50 terá tração integral, com motores em ambos os eixos capazes de levá-lo de 0 a 100 km/h em cerca de 4 segundos. Combinadas, as unidades entregam até 475 cv.

Até 2023 haverá 12 BMW elétricos à venda, incluindo hatchback i3 e SUVs iX e iX3
Até 2023 haverá 12 BMW elétricos à venda, incluindo hatchback i3 e SUVs iX e iX3 Divulgação/BMW

Sem data de lançamento, o BMW i4 terá mais detalhes revelados em breve, informou a empresa. O modelo deve ter sua fabricação iniciada no terceiro trimestre deste ano.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

QR - CAPA 742 - FEVEREIRO
Arte/Quatro Rodas

 

Continua após a publicidade

Publicidade