Clique e assine por apenas 8,90/mês

Citroën desmente saída da linha DS do Brasil

Marca planejaria operação independente e novos SUVs para o futuro próximo

Por Da Redação - Atualizado em 13 fev 2017, 13h58 - Publicado em 12 jan 2017, 15h49

A notícia de que a Citroën decidiu parar de oferecer a linha premium DS no Brasil teve grande repercussão na internet desde ontem. Contactada pela QUATRO RODAS, porém, uma fonte interna da marca desmente o rumor.

O site Autos Segredos apurou que a Citroën enviou um comunicado oficial para informar sua rede de concessionários que os modelos DS 3, DS 4 e DS 5 terão sua importação e comercialização interrompidos por prazo indeterminado. O comunicado também daria a opção de recompra das unidades em estoque pela própria Citroën.

Nossa fonte afirma que não há planos de cessar a presença da DS no país. Ele sugere que o que irá ocorrer no Brasil é o que já acontece lá fora: a operação da DS como marca independente, com administração e rede autorizada própria. Isso justificaria o informe para a rede Citroën, que deixaria de comercializar os modelos da linha.

Questionada sobre participação modesta dos modelos DS 3, DS 4 e DS 5 no mercado, a empresa realça que terá novidades quentes. Na Europa, o vice-presidente do grupo PSA já afirmou que a DS lançará seus primeiros SUVs até o final de 2017.

Continua após a publicidade

O primeiro seria um utilitário de porte médio para concorrer com BMW X3, Mercedes-Benz GLC e Audi Q5. O segundo seria mais compacto, baseado na nova geração do DS 3, também previso para este ano.

DS Wild Rubis

Uma prévia dos futuros SUVS da marca já foi dada em 2013, quando o conceito Wild Rubis (foto acima) foi apresentado no Salão de Xangai. Outros possíveis lançamentos seriam um novo DS 4 e um flagship acima do DS 5, provavelmente inspirado no conceito DS Numero 9.

Publicidade