Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Citroën C3 Aircross é SUV de sete lugares do tamanho de um Nissan Kicks

Com versões de cinco e sete lugares, C3 Aircross será lançado no final do ano com motor 1.0 Turbo do Fiat Pulse

Por Henrique Rodriguez Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 27 abr 2023, 17h33 - Publicado em 27 abr 2023, 10h12

A apresentação é global, mas o Citroën C3 Aircross só importa realmente a países emergentes como Brasil, Argentina, Índia e Indonésia. O SUV, que só será lançado no Brasil no finalzinho do ano, aparece agora para revelar predicados como a opção de cinco e sete lugares proporcionada pelo entre-eixos e largura maiores, e o fato de ter mais tecnologias e equipamentos que o C3.

Novo Citroën C3 Aircross, apresentado nesta quinta (27) em São Paulo
Novo Citroën C3 Aircross, apresentado nesta quinta (27) em São Paulo (Divulgação/Citroën)

Resultado do projeto CC24, esta segunda geração do C3 Aircross é completamente diferente da primeira geração, fabricada no Brasil entre 2010 e 2020. Se antes era um monovolume aventureiro, agora é um SUV de fato. Até mesmo por isso a Citroën não vê a Chevrolet Spin como um concorrente direto, ainda que seja, hoje, o carro mais barato do Brasil com sete lugares.

Citroën C3 Aircross 2024
(Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)

Os destaques do Citroën C3 Aircross

  • SUV estreia no final do ano e terá motor 1.0 turbo de 130 cv do Fiat Pulse, também combinado com câmbio automático CVT
  • Apesar das semelhanças com o C3, novo SUV da Citroën é 34 cm maior e tem entre-eixos de 2,67 m – 11,5 cm mais longo.
  • Novo C3 Aircross será o único SUV compacto disponível em versões com cinco e sete lugares, o que pode representar uma ameaça para a Chevrolet Spin
  • Ao contrário do C3, SUV tem quadro de instrumentos digital de verdade, com tela colorida e conta-giros, além de equipamentos como ventilação forçada para a terceira fila de bancos.
c3
Novo Citroën C3 Aircross, apresentado nesta quinta (27) em São Paulo (Divulgação/Citroën)

O novo Citroën C3 Aircross é baseado na mesma plataforma CMP, do C3, de quem também pega emprestado os faróis e parte do painel.

Mas antes do design diferente, vale destacar o entre-eixos aumentado em 11,5 cm, para 2,67 m (contra 2,54 m no C3) e o comprimento total de 4,32 m – 1 cm a mais que o Nissan Kicks.

Citroën C3 Aircross 2024
(Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)

O vão livre do solo, de 20 cm, também ajuda a compor o porte do carro. O C3 tem 18 cm de vão livre.

O ganho de dimensões está bem distribuida justamente no entre-eixos e no balanço traseiro, que resulta em área suficiente para a fileira de bancos extra ou em um bom espaço de porta-malas no caso da versão de cinco lugares, única que teve acesso franqueado à imprensa nesse primeiro contato.

Continua após a publicidade
Novo Citroën C3 Aircross, apresentado nesta quinta (27) em São Paulo
Entre-eixos cresceu 11,5 cm em relação ao C3 e ficou maior até que do Nissan Kicks (Divulgação/Citroën)

Como é o visual do C3 Aircross 2024?

O Citroën C3 Aircross está para o C3 como o Volkswagen T-Cross está para o Polo, ou como o Renault Duster está para o Sandero. Há um ganho de dimensões considerável e diferenças visuais importantes, ainda que usem a mesma plataforma.

Novo Citroën C3 Aircross, apresentado nesta quinta (27) em São Paulo
Interior do Citroën C3 Aircross, apresentado nesta quinta (27) em São Paulo (Divulgação/Citroën)

A dianteira do C3 Aircross, por exemplo, só aproveita os faróis e as luzes diurnas de leds e o capô do C3. Os para-lamas mais encorpados ajudam a deixá-lo mais musculoso, enquanto a grade com uma faixa preta interligando os faróis e o para-choque são completamente diferentes.

Compartilhe essa matéria via:
Citroën C3 Aircross 2024
(Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)

A traseira se vale de uma coluna C mais larga com uma janela espia que a conecta ao vidro traseiro. A tampa do porta-malas é mais vertical e as lanternas traseiras não só invadem a tampa como também são interligadas por uma barra.

Traseira tem novas lanternas e régua preta na tampa do porta-malas
Traseira tem novas lanternas e régua preta na tampa do porta-malas (Divulgação/Citroën)

Para aumentar o vão de acesso ao porta-malas, o para-choque e o nicho da placa foram deslocados para baixo. O porta-malas da versão de sete lugares com a terceira fila rebatida foi anunciado com capacidade de 489 litros. Por sinal, os bancos da terceira fileira de bancos são totalmente removíveis.

Citroën C3 Aircross 2024
(Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)
Citroën C3 Aircross 2024
(Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)

Por dentro, a diferença mais esperada era por um quadro de instrumentos digital completo, que de fato existe. É uma tela colorida com 7 polegadas muito parecida com a usada pelos Fiat Toro, Pulse e Fastback, com direito a conta-giros.

Continua após a publicidade

O painel, porém, é o mesmo do C3 convencional. Para se diferenciar, aposta em cores diferentes para a parte inferior, que acabam por se repetir nos bancos e nas portas do carro. Além disso, o C3 Aircross terá até cinco portas USB na cabine.

Novo Citroën C3 Aircross, apresentado nesta quinta (27) em São Paulo
Há versões de cinco e sete lugares (Divulgação/Citroën)

Motores do Citroën C3 Aircross

A Citroën apenas apresentou o design do carro e deixou conhecer a cabine da versão de cinco lugares. Não detalhou ainda, por exemplo, gama de versões, pacote de equipamentos e, principalmente, os motores. Mas já temos ideia do que vem por aí.

Versões de entrada terão cinco lugares e o motor 1.6 aspirado dos C3 mais caros, que entrega 120 cv e 15,7 kgfm.

Citroën C3 Aircross 2024
(Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)

O motor 1.0 GSE turbo do Fiat Pulse, que rende 130 cv e 21,4 kgfm, virá nas versões mais caras e nas de sete lugares. É provável que os modelos 1.6 contem apenas com transmissão manual, a fim de diferenciá-los das versões turbo, que podem trazer exclusivamente câmbio automático CVT.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.