Clique e assine por apenas 8,90/mês

Cinto de três pontos e encosto de cabeça serão obrigatórios no Brasil

Medida valerá para todos os carros produzidos a partir de 2020

Por Rodrigo Furlan - Atualizado em 9 nov 2016, 14h18 - Publicado em 3 fev 2015, 12h00
seguranca

O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) publicou na última sexta-feira (30) uma resolução em que determina a obrigatoriedade de cintos de segurança de três pontos e encostos de cabeça para todos os ocupantes em automóveis, camionetas, caminhonetes e utilitários vendidos no Brasil.

A medida será adotada para novos projetos de veículos, nacionais ou importados, em 2018. Posteriormente, em 2020, a obrigatoriedade se estenderá a todos os veículos em produção, sendo permitida a adoção antecipada das modificações, total ou parcialmente. O mesmo se aplica ao sistema de ancoragem ISOFIX, para a fixação de cadeirinhas infantis no banco traseiro.

As exceções ficam por conta de modelos esportivos com esquema de assentos “2 + 2” e de modelos conversíveis, nos quais será facultado o uso de encostos de cabeça no banco traseiro. Além disso, caso o carro possua assentos não voltados para frente, será permitido o uso de cinto subabdominal apenas nesses assentos.

Publicidade