Chevrolet Agile Easytronic

Automatizado ganha 'nova geração' de câmbio

 (/)

O Agile foi lançado no fim de 2009 e desde então era possível perceber na tela digital dos instrumentos as indicações características de um câmbio automatizado. O nome do sistema é o mesmo: Easytronic. Mas a Chevrolet faz questão de reforçar que se trata da segunda geração – o nome oficial é Easytronic Gen II. A preocupação faz sentido: enquanto foi opcional na Meriva, em 2007, o câmbio Easytronic colecionou reclamações de consumidores comuns e taxistas – muitos até trocaram o sistema automatizado por um manual, como mostrou a seção Auto-defesa da edição de novembro de 2010.

Agora, no Agile, o Easytronic de fato mostra sinais de evolução. O incômodo efeito gangorra entre as trocas de marcha notado na Meriva está menos acentuado no Agile, embora ainda seja mais facilmente percebido que no Gol iMotion e Palio Dualogic. Causa estranheza o sistema esticar muito a primeira, até cerca de 3500 rpm.Tanto no modo manual como no automático, os atuadores acionam a embreagem e engatam a marcha com boa dose de agilidade. Mas a fábrica voltará a ouvir reclamações dos clientes: imediatamente antes e depois de cada troca ouve-se nitidamente um clic eletrônico no painel, como se fosse um relê.

O Agile mantém o motor 1.4 Econo. Flex de 102/97 cv como única opção de motor e o sistema Easytronic será oferecido como opcional só na versão topo de linha, LTZ, e custará 2 200 reais.

Apesar do bom desempenho em vendas, o Agile pode estar com seus dias contados, assim como o Classic. Ambos não se enquadram nos planos da GM. O Onix será o substituto natural do Agile, enquanto a versão sedã aposenta o Classic. “Muitos já dão como certo que o Agile terá seu pior ano em relação às vendas”, diz uma fonte ligada à marca.

Ainda assim o Agile continua como um dos carros do segmento com a melhor relação custo-benefício. Ar-condicionado, direção hidráulica, trio elétrico, ABS, airbag duplo, som completo, computador de bordo e rodas de liga leve são de série na versão LTZ, que com o câmbio Easytronic sai por 43 790 reais.

 (/)

O Easytronic é baseado no LTZ, por isso traz som com Bluetooth, piloto automático e faróis de milha. Por fora, só o logotipo muda O câmbio é uma versão atualizada do de 2007.

VEREDICTO

É a maneira mais barata de ter um Agile com troca de marcha automatic. Mas seu future no Mercado ainda é motive de dúvidas.

FICHA TÉCNICA
Motor dianteiro, transversal, 4 cilindros, 8v
Cilindrada 1389 cm3
Potência 102/97 cv a 6000 rpm
Torque 113,5/13,2 mkgf a 3200 rpm (A/G)
Câmbio automatizado, 5 marchas, tração dianteira
Dimensões ção dianteira Dimensões: comprimento, 400 cm; largura, 168 cm; altura, 147 cm; entre-eixos, 254 cm
Equipamentos ar-condicionado, aribag, ABS, vidros e travas elétricos
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s