Clique e assine com até 75% de desconto

“Velho” Chery Tiggo 7 segue à venda na China mais caro que nova geração

Modelo antigo segue à venda em versão única e completa na China, mas nova geração tem mais tenologia e motor mais potente do Tiggo 8

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 25 ago 2020, 00h29 - Publicado em 25 ago 2020, 08h00
Chery Tiggo 7 Fly é versão atualizada do modelo vendido no Brasil Reprodução/Internet

É até difícil acompanhar as mudanças dos Chery na China. Antes mesmo do Caoa Chery Tiggo 7 estrear nas concessionárias brasileiras, já havia recebido um novo visual em seu país natal.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

Agora, com uma nova geração do modelo à venda na China, a geração antiga, vendida como Tiggo 7 Fly, foi reposicionada. Só tem um detalhe: na China, custa mais caro que a nova geração.

Reprodução/Internet

Vendido em sua versão mais completa, com motor 1.5 turbo de 156 cv e câmbio de dupla embreagem e seis marchas, o Tiggo 7 Fly tem preço de lançamento de 149.800 yuan – R$ 121.620 na conversão direta.

Para efeito de comparação, o novo Tiggo 7 parte dos 93.900 yuan com o mesmo motor e câmbio manual, tem câmbio CVT nas intermediárias e pode chegar aos 141.900 yuan na topo de linha. No mais caro, o conjunto mecânico formado pelo motor 1.6 turbo de 197 cv e câmbio de dupla embreagem com sete marchas é o mesmo do Tiggo 8.

Continua após a publicidade
Interior segue sem qualquer mudança Reprodução/Internet

A fabricante pode estar tentando sustentar o preço no visual esportivado. O para-choque tem nichos maiores para os faróis de neblina e a grade tem trama e uma barra cromada interligando os faróis, que atualizam a definição do termo “faróis com máscara negra”.

Versão mais completa do novo Tiggo 7 tem rodas diamantadas e motor mais potente Reprodução/Internet

Na traseira, as lanternas também são quase pretas e só metade do para-choque é pintado e a base passou a ter saídas de escape redondas.

Reprodução/Internet

O interior, porém, não tem qualquer diferença na comparação com o Tiggo 7 vendido no Brasil. Isso até é estranho, porque a nova geração do modelo tem central multimídia com tela horizontal, comandos do ar-condicionado sensíveis ao toque e câmbio joystick, como o Tiggo 8.

Interior da nova geração tem elementos compartilhados com o Tiggo 8 Reprodução/Internet

Mas por ser um carro completo na China, o Tiggo 7 Fly chama atenção por ter de série portas USB dianteiras e traseiras, retrovisores externos rebatíveis e com desembaçador, freio de estacionamento eletrônico e sensores de pressão e temperatura dos pneus, e de estacionamento dianteiros e traseiros.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Continua após a publicidade
Publicidade