Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Caoa revela planos para Chery e Hyundai após investimento bilionário

Empresa terá cinco modelos novos e cinco atualizações de existentes apenas em 2021. Fábrica em Anápolis deverá receber maiores investimentos

Por Igor Macário 9 dez 2020, 10h12
chery_tiggo_7_pro_8
Chery Tiggo 7 Pro é a evolução do Tiggo 7 produzido atualmente no Brasil Divulgação/Chery

A Caoa revelou mais alguns detalhes sobre o que fará com o investimento de R$ 1,5 bilhão injetados na fábrica da empresa em Anápolis (GO). A empresa já havia revelado a intenção de ampliar sua gama por aqui, além de atualizar modelos existentes.

Agora, QUATRO RODAS apurou que não só os 10 lançamentos anunciados serão todos apresentados já em 2021, como serão cinco produtos novos e cinco atualizações. Dentre as novidades, haverão modelos híbridos e importados, em adição aos produzidos aqui. Além de Anápolis, a empresa tem instalações em Jacareí (SP).

Black Friday na Quatro Rodas! Clique aqui e assine por apenas R$ 7,90

Também virão modelos importados, provavelmente os híbridos e elétricos que a Caoa pretende vender por aqui. Atualmente, o único “estrangeiro” é o Arrizo 5e, elétrico, trazido da China.

Entre as atualizações confirmadas, o Tiggo 2 deverá ganhar motor e câmbio novos, além de retoques visuais e o Tiggo 8 passará a ter motor flex. Eles, no entanto, ainda não têm data para lançamento.

Continua após a publicidade
nOVO tIGGO 2
Nova dianteira do Tiggo 2 consegue mudar radicalmente o visual do SUV compacto Divulgação/Chery

A Exeed também dará as caras por aqui, como linha de luxo da Caoa Chery, e provavelmente importada em volumes menores.

Além de novidades para o mercado nacional, a Caoa Chery deverá começar a exportar modelos para países do Mercosul. O primeiro deles foi o Tiggo 2, levado para o Paraguai em modo experimental, mas a perspectiva é ampliar os destinos.

  • O investimento bilionário também servirá para a criação de um centro de desenvolvimento tecnológico junto à fábrica de Jacareí (SP). Isso permitirá soluções mais adequadas e adaptações rápidas aos desejos do mercado brasileiro, até então dependentes da engenharia chinesa.

    A Caoa também produz e importa modelos da Hyundai, não trabalhados pela HMB por aqui. A previsão é de que modelos voltem a ser importados e um novo carro seja produzido em Anápolis.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Capa 739
    Arte/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade