Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Campanha da Kia no Facebook causa polêmica

Ação relacionava "curtir" à doação de alimentos para famílias miseráveis

Por Rodrigo Furlan Atualizado em 9 nov 2016, 12h07 - Publicado em 29 out 2012, 19h04
fabricantes

Uma ação da Kia Motors Worldwide no Facebook tem movimentado as redes sociais nos últimos dias. Iniciada no último dia 17, a Campanha pelo Fim da Pobreza com a Kia (Endpoverty Campaign with Kia) prevê a doação de alimentos para 100 mil famílias miseráveis do Sudão do Sul.

A polêmica reside na forma como essa campanha teve início. Originalmente, a página da Kia no Facebook propunha que cada “curtir” dado por uma pessoa em determinada foto de uma criança pobre (veja acima) equivaleria a uma família ajudada.

Em virtude disso, muitas pessoas responderam a publicação de modo agressivo, dizendo que a montadora estaria explorando a pobreza para melhorar sua reputação e ganhar visibilidade.

Cinco dias depois (22), a campanha foi modificada, deixando de atrelar o “curtir” às doações. Com a nova proposta, a Kia convidou os internautas a acessar a página especial relativa ao assunto e conhecer o programa, comprometendo-se a efetivar as 100 mil doações.

Alguns sites internacionais repercutiram o tema. Um deles, o Autoblog, está fazendo uma pesquisa com os usuários, perguntando se consideraram a ação ofensiva ou não. Até aqui, 52% das pessoas afirmaram não ver problema na campanha, enquanto 32,2% consideraram-na ofensiva ou inapropriada. Por fim, 15,8% disseram não ter certeza de sua opinião sobre o assunto.

Continua após a publicidade
Publicidade