Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Caminhão elétrico da Tesla finalmente passará por teste público auditável

Com números impressionantes, Tesla Semi será levado ao limite em feira voltada para eficiência de transportes. Promessa é de dados abertos

Por Eduardo Passos
8 Maio 2023, 12h12

Os números do caminhão elétrico da Tesla, o Semi, são impressionantes, mas faltam medições independentes para confirmá-los. A fim de resolver esse problema, uma versão de série do pesado será usada em uma feira do setor, onde será submetido a testes exigentes de suas capacidades.

Até o momento, as primeiras 100 unidades do Tesla Semi foram entregues à PepsiCo, que vem utilizando a frota em regime experimental nas entregas de Pepsi e outros produtos pelos Estados Unidos. Não há, porém, registros públicos de como o caminhão vem se saindo frente às promessas de fábrica.

Caminhão é monoposto e traz os mesmos recursos de automação veicular dos carros da Tesla
Caminhão é monoposto e traz os mesmos recursos de automação veicular na estrada dos carros da Tesla (Divulgação/Tesla)

Essas, inclusive, são nada modestas: de acordo com a fabricante de Elon Musk, o Semi tem versões com autonomia de até 800 km quando carregado, com Peso Bruto Total na casa de 37,2 toneladas. Puxando essa mesma carga, o veículo seria capaz de ir de 0 a 100 km/h em cerca de 20 s, e o consumo energético inferior a 2 kWh/milha faria seu custo de rodagem 2,5 vezes menor do que um caminhão a diesel. Nesse cenário, cerca de US$ 200.000 seriam economizados com combustível em apenas 3 anos.

Continua após a publicidade
Há três motores nos eixos traseiros, responsáveis pela tração
Há três motores nos eixos traseiros, responsáveis pela tração (Divulgação/Tesla)

A iniciativa de colocá-las à prova não veio da Tesla, mas da cliente PepsiCo, que levará ao menos um Semi para a feira de pesados Run On Less, da qual é uma das patrocinadoras. O evento é voltado para a eficiência do setor de transportes e, segundo a diretora de tecnologia e sustentabilidade da empresa, Amanda DeVoe, a ideia é “dirigir ‘pra’ valer”, submetendo um Semi carregado à viagem de 800 km. O teste está marcado para setembro.

Uma das promessas da Tesla é a capacidade do Semi subir ladeiras à velocidade máxima da estrada
Uma das promessas da Tesla é a capacidade do Semi subir ladeiras à velocidade máxima da estrada (Divulgação/Tesla)

Não se sabe se a Tesla aprovou o teste público de seu produto, mas há quem aposte em motivos para que a fabricante tenha medo do resultado. Dois pontos sensíveis incluem o peso das baterias — que limitaria bastante a capacidade de carga do caminhão — e sua suposta eficiência inferior a 2 kWh/milha. No segundo caso, pelo menos, a Tesla já até fala em melhorar essa marca com futuras atualizações, mas o que não faltam são promessas da fabricante que seguem no campo das ideias.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.