Clique e assine por apenas 5,90/mês

BMW busca superar marca de dois milhões de veículos vendidos em 2014

Números estão 7,6% maiores do que no mesmo período de 2013

Por Cadu Tupy - Atualizado em 9 nov 2016, 14h13 - Publicado em 10 dez 2014, 13h55
mercado

Após se consolidar como a marca premium que mais vende carros no planeta em 2013, a BMW vem em um momento positivo neste ano, já que os modelos comercializados tiveram um acréscimo, até o final de novembro, de 7,6%. Entre a BMW, Mini e Rolls-Royce, foram 188,342 modelos vendidos apenas no mês passado.

Sobre o bom momento, Ian Robertson, membro do conselho de gerenciamento da BMW AG e responsável pelas vendas e marketing falou. “O mercado dos Estados Unidos continua robusto, na Ásia as coisas são um pouco confusas, mas permanecemos fortes e a Europa vem evoluindo, mesmo partindo de uma base ruim”.

“Ainda precisamos melhorar em algumas partes, como a Rússia, mas de forma geral estamos tendo mais sucesso do que enfrentando riscos e acredito que iremos continuar assim em 2015”, revelou Robertson. As vendas da Mini estão caindo no apanhado do ano em 3,3%, embora tenham crescido 26,3% no mês de novembro em relação ao mesmo período de 2013.

Este número positivo deve-se, principalmente, as vendas dos modelos de três e cinco portas com 24,873 e 4,033 veículos comercializados respectivamente. Da BMW a Série 2 Active Tourer já teve 6,918 unidades vendidas em dois meses de existência e 104,910 exemplares do Série 4 cupê e conversível foram adquiridos desde janeiro.

Outras duas novidades do ano são o elétrico i3 e o híbrido i8, sendo que o menor teve 13,849 unidades vendidas e o mais caro 1,129. A Série 3 teve aumento de 2,8% e, para encerrar, a Série 5 cresceu em vendas 2,5%. “Nossos novos modelos começaram bem e agora estamos confiantes em atingir nossa meta de dois milhões de carros vendidos até o final do ano, o que seria um recorde para o Grupo BMW”, encerrou Robertson.

Continua após a publicidade
Publicidade