Autodefesa: pneus do Mitsubishi Lancer não duram mais de 30.000 km

Proprietários reclamam de desgaste prematuro dos pneus do Mitsubishi - em alguns casos, eles duram só até os 15.000 km

Santo Vicentino com seu Lancer, que sofreu rápido desgaste dos pneus

Santo Vicentino com seu Lancer, que sofreu rápido desgaste dos pneus (Alexandre Battibugli/Quatro Rodas)

Os pneus são itens cuja durabilidade é aumentada quando o dono sabe cuidar deles, fazendo sempre a calibragem e mantendo o alinhamento e o balanceamento em dia. Bem cuidados, podem passar facilmente dos 60.000 km, como comprova a maioria dos carros da frota de Longa Duração da QUATRO RODAS.

Por isso a surpresa quando proprietários de Mitsubishi Lancer reclamam que os pneus duram menos de 30.000 km, algumas vezes menos que isso.

Foi o que aconteceu com Santo Vicentino, dono de um Lancer Sportback Ralliart 2012, que teve de substituir o conjunto aos 25.000 km. “Pensei que o problema era da marca do pneu, mas isso persistiu mesmo utilizando outras marcas.”

Às vezes, a durabilidade consegue ser ainda menor.“Eu troquei os quatro pneus do carro e, depois de rodar apenas 15.000 km, percebi que o desgaste já estava acentuado”, explica Elanio Freitas, de Cubatão (SP), proprietário de um Lancer GT 2012. “Ao pesquisar na internet, encontrei vários relatos dizendo que os pneus não foram feitos para nossas ruas. Em um intervalo de dois anos, troquei seis unidades.”

O engenheiro civil Luiz Cecotto da Cunha diz que, no seu Lancer 2014, eles não passaram de 20.000 km. “E isso aconteceu mesmo fazendo rodízio, alinhamento e balanceamento em uma concessionária da marca e no intervalo recomendado pela Mitsubishi. Só depois de reclamar diversas vezes com a fábrica é que trocaram os quatro pneus em garantia.”

A nossa apuração encontrou 17 casos como esses e descobriu que a rede autorizada conhece bem o problema. Pesquisando em concessionárias nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, a resposta-padrão é que nada pode ser feito, já que os pneus são componentes de desgaste natural. Mas a maioria dos funcionários reconhece: “Realmente no Lancer parece que os pneus se desgastam mais rápido”, conta o atendente de uma autorizada em Porto Alegre (RS).

Consultada, a Mitsubishi do Brasil não se pronunciou oficialmente até o fechamento desta edição.

O povo reclama

“Os pneus duram em média 25.000 km, mesmo fazendo o alinhamento e o balanceamento sempre. Pensei que o problema era a marca do pneu, mas isso persistiu mesmo com outras marcas.”

Santo Vicentino, diretor, Diadema (SP), dono de um Lancer Sportback Ralliart 2012 

“Fui proprietário de um Lancer GT 2012 e agora tenho um GT 2016. Os dois apresentaram um desgaste forte nos pneus, especialmente  na parte externa. E eles cantam muito nas curvas.”

Adriano de Souza, advogado, Saraduva (RS) dono de um
Lancer GT 2016

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s