Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Audi TT RS

Esportivo faz o motorista ter vontade de dirigir até a gasolina acabar

Por Vitor Matsubara Atualizado em 9 nov 2016, 02h06 - Publicado em 27 mar 2013, 16h46
lancamentos

A sigla RS tem um significado especial na linha de modelos Audi. Ela identifica todos os modelos de alto desempenho fabricados pela marca alemã. Só isso já seria suficiente para atiçar a vontade de guiar o TT RS. Mas ele oferece vários outros predicados para conquistar o coração dos milionários.

O principal deles é o motor 2.5 TFSI a gasolina, que entrega 340 cv e torque máximo de 45,89 mkgf, disponível entre 1.600 e 5.300 rpm. Se o condutor colocar a alavanca do câmbio na posição “S” e apertar a tecla Sport será brindado com respostas mais rápidas nas retomadas de velocidade e melhores respostas na direção, além de um ronco mais encorpado saindo dos escapamentos. É difícil resistir à tentação de acelerar. A combinação de direção direta com tração integral faz o TT RS ficar “pregado” no chão e o cupê responde prontamente quando provocado, fazendo o ponteiro do velocímetro subir em um piscar de olhos. Aliás, é bom nem piscar: segundo a Audi, a aceleração de 0 a 100 km/h é realizada em 4,3 segundos na versão Coupé e 4,4 segundos no Roadster. Em ambos a velocidade máxima é limitada eletronicamente em 250 km/h.

O TT RS vendido no Brasil traz transmissão automatizada de sete velocidades com dupla embreagem, rodas de liga leve de 19 polegadas, suspensão esportiva (que rebaixa a carroceria em 10 milímetros), para-choques redesenhados, espelhos retrovisores com capas de alumínio e aerofólio traseiro fixo. A versão Roadster vem ainda com uma capota elétrica feita de aço e alumínio, que se abre em 12 segundos e fecha em 14 segundos.

A lista de equipamentos de série inclui airbags frontais e laterais dianteiros, controle de estabilidade (ESP), faróis de bi-xenonio com ajuste automático de altura, tração integral, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, bancos dianteiros revestidos em couro com apoios laterais e ajustes elétricos, volante com base achatada, borboletas para trocas de marcha sequenciais, ar-condicionado digital com duas zonas de temperatura, computador de bordo, sistema de som Bose e Bluetooth.

O TT RS Coupé já está à venda por 399 mil reais, enquanto o TT RS Roadster custa 419 mil reais.

Continua após a publicidade

Publicidade