Clique e assine por apenas 8,90/mês

Audi planeja A7 movido a células de combustível

Carro deverá estar pronto para testes em agosto

Por Alexandre Ciszewski - Atualizado em 9 nov 2016, 12h27 - Publicado em 2 jun 2013, 16h00
sustentabilidade

Em março, Martin Winterkorn, CEO da Volkswagen AG, expressou suas dúvidas sobre o custo e infraestrutura associada com a construção de veículos movidos a célula de combustível de hidrogênio.

De acordo com a publicação britânica Autocar, isso não impede a Audi de desenvolver uma versão de célula de combustível do Audi A7. Não seria a primeira vez que um executivo da VW faz declarações aparentemente contundentes sobre propulsores híbridos, e que mais tarde se provaram incorretas.

Após falar com o diretor técnico da Audi, Wolfgang Dürheimer, o portal Autocar afirmou que a Audi está construindo uma célula de combustível para o A7 que deverá estar pronto para testes em agosto. Como a linha elétrica E-Tron e os modelos G-Tron, movidos a gás natural, os carros Audi de células de combustível de hidrogênio poderiam, se produzido, levar a sua própria nomenclatura “Tron”.

As células de combustível produzem eletricidade e calor através de uma reação eletroquímica entre um combustível e oxigênio. Em aplicações automotivas, elas tipicamente usam hidrogênio como combustível e oxigênio a partir do ar ambiente, de modo que o único subproduto expelido é a água.

Publicidade