Clique e assine por apenas 8,90/mês

Audi decide repor de graça peça que já foi alvo de 500 furtos no Brasil

Parte inferior da grade frontal do para-choque dos modelos A3, A4 e Q3, produzidos desde 2013, custam originalmente cerca de R$ 850

Por Thais Teles - Atualizado em 1 ago 2019, 14h25 - Publicado em 31 jul 2019, 15h00
Audi A3 Sedan 2019 Divulgação/Audi

A Audi resolveu adotar uma medida ousada para inibir o furto de peças de seus carros. A marca alemã decidiu repor, de graça, as peças de grade frontal do para-choque para os modelos A3, A4 e Q3 produzidos a partir de 2013.

O programa está vigente desde este mês. Para conseguir a peça, é necessário levar o carro até um concessionária e mostrar o boletim de ocorrência do furto.

Audi A3 Sedan 1.4
Peça substituída é apenas a parte inferior da grade, ligada ao para-choque Marco de Bari

Com essa ação, a empresa alemã espera diminuir a ação dos ladrões. Segundo portal G1, a fabricante já vendeu mais de 500 peças do tipo, 90% delas devido a relatos de furto.

A Audi sabe quando tem que substituir a peça por colisão, porque, “normalmente, o para-choque também é danificado nessas situações”, disse Vitor Tadeu Franchini, gerente de pós-vendas da Audi do Brasil ao G1. 

Continua após a publicidade

A Audi afirma ter tentado realizar uma fixação mais forte da grade frontal, mas sem sucesso. As peças são importadas e custam cerca de R$ 850 cada (apenas a parte inferior da grade, ligada ao para-choque), em concessionária.

Desde o início da ação teriam sido beneficiados quatro clientes que tiveram a peça furtada.

Publicidade