Clique e assine por apenas 8,90/mês

Audi confirma fim do A3 nacional e fará novo Q3 no Brasil, mas só em 2021

Em entrevista, presidente da marca admite o fim de produção do sedã no país, com hiato de seis meses até reinício da fabricação do SUV

Por Daniel Telles - 27 nov 2019, 15h54
audi A3 Sedan 2.0
Audi A3 Sedan terá produção encerrada no Brasil no final de 2020 Divulgação/Quatro Rodas

O presidente da Audi no Brasil, Johannes Hoscheck, confirmou em entrevista ao site Automotive Business que a fábrica da marca em São José dos Pinhais (PR) ficará um semestre sem produzir modelos próprios.

Isso vai ocorrer por conta do intervalo entre o encerramento da produção do Audi A3 sedan – final de 2020 – e o início da produção do novo Q3 – segundo semestre de 2021.

QUATRO RODAS noticiou em primeira mão o fim de linha do A3 Sedan no país a partir do fim de ciclo de sua atual geração. Vale observar que a próxima geração do três-volumes será comercializada aqui, porém importada.

Novo Q3 chegará a linha de montagem de Pinhais em meados de 2021 Divulgação/Audi

Na época, ainda havia incerteza quanto à nacionalização do novo Q3, que está temporariamente fora de linha.

Pela entrevista de Hoscheck, agora parece claro que ela acontecerá, mas apenas no segundo semestre de 2021, muito depois de a segunda geração do SUV ser lançada no país (o que acontecerá em fevereiro de 2020).

Hoscheck também assegurou que não haverá cortes ou layoff, já que a mesma fábrica também produz modelos Volkswagen.

Ainda segundo o executivo, uma parcela dos funcionários passará por um treinamento em Gyor, Hungria, único local de fabricação do novo Q3 no mundo, por enquanto.

Continua após a publicidade
Publicidade