Clique e assine com até 75% de desconto

Após anunciar híbridos, Jeep confirma que terá veículo 100% elétrico

Este será o primeiro 100% elétrico da marca, que segue com os planos de eletrificar toda sua linha de veículos até 2022

Por Renan Bandeira 2 abr 2020, 17h01
Jeep é líder de vendas no segmento de SUVs aqui no Brasil Divulgação/Jeep

Como QUATRO RODAS já havia adiantado no início de 2020, a Jeep planeja entrar de vez no mercado de veículos híbridos dando versões ao Renegade, Compass e Wrangler, que chegarão ao mercado em 2021.

No entanto, a empresa surpreendeu novamente ao informar que, além dos três modelos com tecnologia híbrida plug-in, está trabalhando em um carro com motorização 100% elétrica – que será o primeiro da marca.

Ainda não é certo sobre qual veículo terá a versão eletrificada, mas o presidente global da Jeep, Christian Meunier, deixou passar, em entrevista ao site Autocar, que pode ser o Wrangler.

“Pense em um Wrangler Rubicon totalmente elétrico ou PHEV”, afirmou. “Este é um carro que percorre 0 a 100 km/h em seis segundos potencialmente, então você terá aceleração e nunca usará um motor [a combustão]. Você terá o jipe ​​mais capaz de todos os tempos”, concluiu.

Meunier ainda afirmou que a empresa irá passar pelo processo de eletrificação antes do que todos imaginam. “Ou você tenta ser complacente e faz o mínimo necessário, ou se empenha a todo vapor”, disse. “O último é o caminho que devemos seguir”.

  • Ele também afirmou que serão vistos “muitos produtos eletrificados [da marca] nos próximos anos”. Segundo Meunier, as versões de Compass, Renegade e Wrangler – citadas no início deste texto – já estão sendo submetidas a testes climáticos na Suécia e serão destinados, num primeiro momento, à Europa.

    O atual discurso do presidente mundial da Jeep segue em linha com o que já havia informado à QUATRO RODAS em dezembro último: toda a linha mundial de veículos da marca ganharia propulsão elétrica até 2022.

    Continua após a publicidade
    Publicidade