Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Adam fez Opel aumentar participação na Europa

Só na Alemanha foram vendidas 21 mil unidades do modelo

Por redação Atualizado em 9 nov 2016, 12h59 - Publicado em 16 jan 2014, 17h12
mercado

O crescimento das vendas do Adam 2013 ajudou a Opel e a Vauxhall a aumentar a sua participação no mercado europeu no ano passado, apesar do declínio do mercado de automóveis.

A Opel tem lutado para manter seu market share nos últimos anos devido à falta de novos produtos e quebras de gestão. A fabricante lançou o Adam há um ano com a esperança de reviver as vendas na Europa, onde os compradores agora preferem carros menores, que são mais baratos para comprar e usar.

A montadora afirmou que a sua participação no mercado europeu (incluindo a da marca irmã Vauxhall) cresceu para 5,61% em 2013, acima dos 5,59% de 2012, segundo dados preliminares de vendas. Na Alemanha, a marca expandiu seu market share para 7%, ante os 6,9% do ano anterior.

A introdução do Opel Adam teve um papel importante no aumento das vendas da marca no ano passado, de acordo com Peter Christian Kuespert, vice-presidente de vendas e pós-venda da Opel. Só na Alemanha a Opel vendeu 21.000 unidades do modelo compacto, enquanto que as vendas do crossover compacto Mokka atingiram 20.000 unidades.

Segundo dados da JATO Dynamics, o segmento subcompacto representou a maior fatia do mercado em 2013, com um total de cerca de 25% das vendas de automóveis novos em 2012.

A Opel ainda precisa substituir o subcompacto Corsa, que é um dos produtos mais antigos ainda oferecidos na Europa e cujas vendas caíram 14% em 2012. Lançado em 2006, o Corsa tem concorrentes mais modernos, como Renault Clio, Ford Fiesta e Peugeot 208.

Continua após a publicidade
Publicidade