Acessórios para motos e motociclistas

Será que esses equipamentos valem o investimento?

Trava de disco Trava de disco

Trava de disco (/)

O mercado de acessórios para motos e motociclistas também está aquecido e fervilha de novidades. São produtos criativos que prometem mais conforto, economia, segurança, desempenho… Você não precisa deles para viver – nem para andar de moto, com certeza. Mas será que esses equipamentos valem o investimento? Nós experimentamos alguns deles e podemos dar uma opinião. Não se trata de teste com critérios comprováveis ou mesmo um parecer técnico, apenas uma avaliada rápida. Na verdade, apesar de não serem imprescindíveis, a maioria deles é bem interessante.

Do protetor de calçados contra a sujeira do pedal de câmbio ao cabinho que impede a partida com a moto travada, passando pela mangueira especial de freio – mais conhecida pelo nome da marca comercial Aeroquip – e as luvas para proteção térmica, todas são invenções que têm méritos.

LEMBRETE

622cbr_servico_tx1.jpg 622cbr_servico_tx1.jpg

622cbr_servico_tx1.jpg (/)

As travas de disco têm vantagens, mas também um baita defeito: se você se esquecer de retirá-la e sair andando, o prejuízo pode ser enorme – incluindo o vexame de um tombo em baixa velocidade. A Kryptonite, fabricante norte americana de travas de segurança, oferece o Reminder Lock, um acessório que serve de lembrete para você tirar a trava antes de ligar a moto. É basicamente um cabo colorido preso ao guidão e ancorado na própria trava. Com ele, fica quase impossível esquecer – e pagar o mico. Pelo tamanho do estrago que pode evitar, o preço vale a pena: custa em média 15 reais e pode ser encontrado nas lojas especializadas em acessórios para motos.

http://www.hfranco.com.br

SÓ NO SAPATINHO

622cbr_servico_tx2.jpg 622cbr_servico_tx2.jpg

622cbr_servico_tx2.jpg (/)

Quantos tênis ou sapatos você já manchou de preto por cima? É o que acontece com o uso continuado do pedal de câmbio, erguido pelo peito do pé nos engates da maioria das motos. Para evitar tais contratempos, o Shoe Protector, da marca The Carioca, pode ser calçado na hora de subir na moto. O acessório nada mais é que uma tira de curvim que envolve o pé, ajustável para qualquer tamanho e formato de calçado através de velcro. Sua funcionalidade se sobrepõe ao aspecto, principalmente para o motociclista mais caprichoso. Médicos, dentistas, enfermeiros e outros profissionais que usem sapatos brancos vão adorar. O preço sugerido pelo fabricante é de cerca de 50 reais.

http://www.promoline.com.br

CALOR HUMANO

622cbr_servico_tx3.jpg 622cbr_servico_tx3.jpg

622cbr_servico_tx3.jpg (/)

Exceto nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, o frio de inverno não é tão cortante a ponto de atrapalhar o uso da motocicleta. Para evitar a entrada de frio sob as jaquetas, calças ou macacões, existe uma proteção térmica chamada segunda pele. O mesmo tipo de material isolante pode ser encontrado nas luvas da Solo, leves e justas, para serem usadas sob as luvas convencionais, que protegem contra os riscos de um tombo. As luvas térmicas custam cerca de 40 reais. É bom levar sua luva de proteção até a loja para experimentá-la com a segunda pele por baixo. Se ficar muito apertada, a despesa aumenta, pois será preciso comprar outra luva, um número maior, para utilizar sobre a de proteção térmica nos dias frios.

http://www.solobr.com

FLEXÍVEL DE AVIÃO

622cbr_servico_tx4.jpg 622cbr_servico_tx4.jpg

622cbr_servico_tx4.jpg (/)

O tubo flexível Aeroquip é resistente a altas pressões e ao calor, usado em sistemas de alimentação que utilizam turbocompressores, na lubrificação de motores e nos sistemas de freio. Substituem as mangueiras comuns de borracha, mais flexíveis e passíveis de dilatação. São de náilon revestido de malha de aço que impede a dilatação. Nos freios, essas mangueiras garantem precisão ao tato e aumentam a eficiência nas frenagens mesmo sob temperaturas altas. A norteamericana Galfer está entrando no mercado e seus produtos podem ser encontrados na Streetfighters, oficina especializada. Um kit completo de mangueiras sai por volta de 550 reais, mais 55 reais de fluido de freio Dot 5.1 e 150 reais de mão de obra.

http://www.sfoficina.com.br

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s