Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Accord ganha atualização antes de ser primeiro Honda híbrido no Brasil

Accord híbrido usa dois motores elétricos e não tem caixa de câmbio. Versões passaram por mudanças sutis no visual e têm mais tecnologia

Por Thiago Silva, Igor Macario 13 out 2020, 13h57
Faróis e parachoques são novos para linha 2021 Divulgação/Honda

A Honda fez algumas mudanças sutis para a linha 2021 do Accord nos Estados Unidos. O sedã ganhou uma nova grade frontal, novas opções de rodas e novos faróis de led. Para 2021, o radar do controle de cruzeiro adaptativo também está melhor integrado ao visual.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine por apenas R$ 8.90

A versão híbrida do modelo também passou por melhorias e deverá se tornar o primeiro Honda híbrido à venda no País em breve. Segundo a marca, o modelo tem melhores respostas ao acelerador, para uma progressão mais natural.

  • Divulgação/Honda

    Isso porque o Accord híbrido usa um complexo sistema de dois motores elétricos acoplados a um 2.0 a gasolina para impulsionar o sedã. O funcionamento é bem diferente do sistema híbrido de um Toyota Corolla, por exemplo, e usa bem mais os motores elétricos para se movimentar. Nós já andamos no carro e pudemos provar a eficiência do conjunto.

    Divulgação/Honda

    O carro será o primeiro dos tres híbridos que a Honda promete lançar no Brasil até 2023.

    As outras versões do Accord também passaram por mudanças. A versão Touring, vendida no Brasil, ganhou um novo sistema de frenagem automática em baixa velocidade e atualizações no pacote Honda Sensing, que também inclui monitor de faixa de rolamento.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Quatro Rodas

    Quatro Rodas 737 60 anos
    Clique e Assine
    Continua após a publicidade
    Publicidade