Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

A menina veneno das arrancadas no Brasil

Isabela Porte é a única mulher a ganhar um campeonato de arrancada no Brasil – e ela fez isso aos 12 anos

Por Isadora Carvalho Atualizado em 8 mar 2018, 16h18 - Publicado em 16 ago 2016, 12h05
Isabela com seu Camaro de 700 cv e o dragster que usava aos 11 anos nas pistas de arrancada
Isabela com seu Camaro de 700 cv e o dragster que usava aos 11 anos nas pistas de arrancada Marco de Bari/Quatro Rodas

Enquanto seus colegas se divertiam na quadra do prédio ou à frente do computador, a paulista Isabela Porte acelerava nas pistas de arrancada. À época, com 11 anos, ela já domava um dragster de 90 cv capaz de chegar aos 150 km/h.

Aos 12, ganhou o campeonato paulista de arrancada e, aos 15, conquistava o recorde brasileiro com o melhor tempo – 201 metros em 7,122 s. “Foi um dos melhores dias da minha vida. A emoção de bater um recorde nacional é maior do que ganhar um título”, conta Isabela.

Em 2012, ela era a única garota a disputar os campeonatos de arrancada.

Isabela não é a primeira mulher da família a se aventurar nas pistas. Sua mãe, Marisa Porte, também participava de provas de arrancada com um Opala 1969 preparado.

Continua após a publicidade

“Assim que me casei, eu frequentava Interlagos para acompanhar meu marido em suas corridas. Uma vez decidi participar e, para minha surpresa, ganhei o campeonato”, diz Marisa. No entanto, ela teve de dar uma pausa em seu novo hobby quando engravidou de seu filho mais velho.

Por décadas, Aguinaldo, o patriarca da família viciada em velocidade, curtiu o hobby sozinho. Ele só voltaria a ter companhia em 2002, quando Marisa retornou às pistas com um Camaro 1992 5.7 V8 de 700 cv. E não era um bólido qualquer: o carro havia sido preparado por seu filho Henrique – também piloto.

A carreira da mãe durou dez anos,  pois ela decidiu ceder lugar à filha,  trocando o asfalto pela arquibancada. “Agora ela me dará a alegria de correr com o meu carro”, diz Marisa.

A família Porte leva a arrancada tão a sério que construiu uma pista própria em Tremembé, no interior de São Paulo. É lá que Isabela pratica o esporte a bordo do clássico herdado. Hoje, aos 19 anos, provas de arrancada ainda são sua diversão favorita.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo de QUATRO RODAS. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.


a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)