Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

A incrível história do Porsche 356 que virou xodó de uma família italiana

Herdeira do carro, Rosita Corato usa o esportivo ano 1959 todos os dias

Por Vitor Matsubara Atualizado em 9 nov 2016, 14h40 - Publicado em 11 set 2015, 14h22
classicos

Ganhar a vida restaurando carros antigos é o sonho de muitos aficionados. A família Corato faz isso há quatro gerações na Itália e desde 1971 mantém a oficina Corato Squadra Corse, que iniciou cuidando apenas de carros de corrida e posteriormente realizando a manutenção de Ferraris. Porém, contrariando o sentimento de orgulho que toma os italianos, o patriarca da família Corato (reconhecido como um dos melhores encarroçadores do país) sempre foi apaixonado por Porsche.

Atualmente a oficina é comandada por Rosita Corato e seu irmão. Ela herdou de seu pai um 356 Speedster 1959, que havia sido adquirido em péssimas condições, mas foi completamente restaurado seguindo os moldes de um projeto de competição. Várias peças foram substituídas por componentes mais leves, incluindo capô e portas feitos de alumínio.

Mas engana-se quem pensa que Rosita prefere deixá-lo guardado sob cavaletes. Ela diz que utiliza o 356 todo dia, “mesmo que isso signifique voltar para casa com alguns arranhões e amassados”.

Veja mais no vídeo do Petrolicious:

Continua após a publicidade

Publicidade