Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

777 Hypercar custa R$ 40 milhões e tem simulador para treinar seus donos

Hipercarro italiano terá apenas sete unidades produzidas e seus proprietários poderão usá-lo, quando quiserem, no circuito de Monza, na Itália

Por João Vitor Ferreira
18 jan 2023, 16h38

777 Motors é uma nova fabricante criada pelo piloto e colecionador Andrea Levy, com sede no autódromo de Monza, na Itália. Seu modelo de estreia é nada mais, nada menos, do que um hipercarro de produção extremamente limitada e feito sob os moldes dos veículos que disputam provas de resistência.

O 777 Hypercar nada mais é do que um brinquedo para gente grande. Ele será, como o nome sugere, um hipercarro com homologação para as pistas, ou seja, não poderá andar em vias públicas, mas com a liberdade de não estar preso a nenhum regulamento de campeonato.

Continua após a publicidade

Isso permitiu que a empresa pudesse ousar no projeto. Assim, fechou parceria com diversas empresas do ramo. O chassi, por exemplo, foi feito pela Dallara e consiste em um monocoque de fibra de carbono extremamente leve e homologado pela FIA. A fabricante afirma que o peso total é de apenas 900 kg e que o chassi é capaz de gerar 2.100 kg de downforce a 370 km/h, e até 4g de aceleração lateral nas curvas.

Todo o design da carroceria foi assinado por Umberto Palermo. Como não havia limitações, o projetista pode fazer o que bem quis com o carro. Na dianteira, os faróis estreitos avançam sobre o para-lamas bem robusto e na traseira, o destaque vai para a grande asa, que contribui para a aerodinâmica do esportivo.

777 Hypercar
(777 Motors/Divulgação)

Já o motor é o 4.5 V8 aspirado de 740 cv a 9.000 rpm da Gibson Technology, que impulsionava o Alpine A480, vencedor das seis horas de Monza, uma das etapas do Campeonato Mundial de Endurance da FIA de 2022.

O motor não recebe nenhum tipo de eletrificação, segundo a montadora, para não aumentar o peso. Para compensar, ele aceitará apenas combustíveis sintéticos, que ajudam a reduzir a emissão de CO2 em 65%, como afirma a 777.

777 Hypercar
(777 Motors/Divulgação)

Outros componentes como freios, suspensão e caixa de câmbio são todos feitos para as corridas e, segundo a 777, foram feitos por “parceiros com experiência nas mais importantes provas de enduro, como 24 Horas de Le Mans e as 24 Horas de Daytona”. Com essa mecânica, o 777 Hypercar chega a uma velocidade máxima de 370 km/h e teve tempo de volta de 1 minuto e 33 segundos no autódromo de Monza.

Por dentro, quem garante a segurança do motorista é a Sparco, fornecendo bancos, cintos de segurança, entre outros itens. Ela também presenteará cada um dos compradores com um kit de corrida completo composto por macacão, luvas e sapatos personalizados.

Continua após a publicidade
777 Hypercar
(777 Motors/Divulgação)

Porém, o capacete ficará a cargo da Stilo, que aproveitou para instalar um sistema de comunicação, para que o piloto possa se comunicar com a equipe da 777 durante os track days.

Mas não pense que é só comprar e dirigir o 777 Hypercar. Até a entrega dos sete exemplares que serão construídos, programada para 2025, os compradores precisarão treinar para lidar com a violenta condução de um hiperesportivo. Para isso, eles receberão em casa um simulador GT profissional da Tech & Sym avaliado em 100 mil euros, construído sobre um chassi Dallara para replicar fielmente o comportamento do 777 nas pistas. 

Continua após a publicidade
777 Hypercar
(777 Motors/Divulgação)

Aqueles que vivem viajando, poderão se preparar utilizando o Dallara Driving Simulators, mesmo simulador usado por pilotos da Fórmula 1 e da Fórmula Indy, que estão localizados em Varano de Melegari, na Itália, e no Indianapolis Motor Speedway, nos EUA.

Completando o kit, a montadora também entregará máquinas de exercícios para fortalecer a região do pescoço e preparar o corpo para as altas tensões na pista. Isso ajudará os futuros pilotos a aguentarem os 4g de aceleração lateral e os 2.100 kg de força descendente quando o carro estiver em sua velocidade máxima. 

Continua após a publicidade
777 Hypercar
(777 Motors/Divulgação)

Todo esse kit, incluindo o 777, será vendido por 7 milhões de euros, quase R$ 39 milhões na cotação atual. Serão apenas sete unidades e, além de tudo que já citamos, os compradores também poderão correr com seus carros no circuito de Monza, com direito a acompanhamento da equipe da 777 Motors, sempre que quiserem. Outros 14 eventos especiais serão realizados no decorrer de dois anos para todos os proprietários.

Como Monza é a sede da empresa, todas as unidades fabricadas serão guardadas no autódromo e, a partir do segundo trimestre, o primeiro protótipo funcional do 777 Hypercar ficará exposto para todo o público em uma área reservada do local. 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.