Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

OS ELEITOS 2016: PICAPES LEVES

A tetracampeã Fiat Strada volta a primeira colocação após perder o posto para a rival VW Saveiro em 2015

Por Redação Atualizado em 8 Maio 2019, 10h18 - Publicado em 17 out 2016, 18h22
Eleitos Strada
A picape líder de mercado é altamente recomendada pelos seus donos

1º Fiat Strada – 98,7     

A Strada está habituada à primeira posição em seu segmento – é tricampeã na pesquisa Os Eleitos (2012, 2013 e 2014). Mas também está acostumada a ser acompanhada de perto pela principal adversária. No ano passado, o jogo se inverteu. A Saveiro levou a melhor com diferença de 2,1 pontos. Agora, a picape mineira volta ao topo – com praticamente a mesma folga (2 pontos). E abriu larga vantagem em itens mais bem avaliados: 17 ao todo, seis deles com notas acima de 100. A melhor avaliação dos proprietários foi para a modernidade do projeto (102,3), seguida pelo design do veículo (101,6).

LEIA MAIS:

>> Os eleitos 2016: Assistência Técnica

>> Os eleitos 2016: Seguradora

>> Os eleitos 2016: Pneu

>> Os eleitos 2016: Posto de combustível e lubrificante

No espaço aberto aos comentários, os donos citam a versatilidade da Strada, por ser apta ao uso urbano e rural, e falam até da robustez do veículo. No entanto, o consumo urbano (88,9) e rodoviário (94,3) foram mal avaliados. O gasto excessivo de combustível dentro da cidade, aliás, recebeu diversos comentários negativos na avaliação livre. Outro item criticado foi o espaço no assento traseiro, no caso da cabine dupla. Entre os pontos a melhorar estão a estabilidade (93,7), quesito ligado a outro item que não agradou: a sensação de segurança transmitida (93,2).

Continua após a publicidade

OS ELOGIOS
Acesso aos comandos
Design
Preço de venda
AS CRÍTICAS
Espaço no banco traseiro (caso da cabine dupla)
Consumo urbano

“Ótima para uso urbano e rural. É resistente, confortável e confiável.” – Aldo Bevilaqua, 59, Santa Maria (RS)

2º VW Saveiro – 96,7

Apesar de ter perdido para a Strada em 17 itens, a diferença de pontos na maioria dos quesitos foi pequena. Dois casos são extremos: em capacidade de arranque, a Saveiro obteve 100 – um mero 0,8 a menos. Em acesso aos comandos, 100,6 – só 0,1 ponto atrás. E esses critérios foram os únicos em que a VW ganhou notas de três dígitos. A parte financeira (preço de compra, seguro e peças) pesou: 88, 88,1 e 87,4.    

Continua após a publicidade

Publicidade