“Tive uma crise dos 40 anos e resolvi comprar um avião”

Conheça a história de Sancho, o comandante que enfrentou as burocracias da importação para voltar ao básico da aviação

As altas taxas cobradas em território nacional fazem com que a compra de produtos no exterior se torne atrativa aos brasileiros. Não coincidentemente, em 2018, o Brasil foi considerado o 29º maior importador do mundo, segundo dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic). 

Além dos famosos eletrônicos – que chegam a custar dez vezes menos quando importados da China, por exemplo –, se encontram na lista de mais comprados por pessoa física itens como perfumes, maquiagens e produtos de beleza. Peças automotivas e até carros de passeio também aparecem na relação de mercadorias.

No mesmo ano, o comandante Sancho Emanuel Aparecido elevou a importação a um nível bem mais alto. Acostumado a operar as linhas do Airbus A330 para Orlando e Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, e para Lisboa e Porto, em Portugal, ele decidiu voltar às origens. “O avião é o meu lazer e o meu sustento. Tive uma crise dos 40 anos e quis voltar para o básico da aviação nos aeroclubes. Fiz um curso de acrobacia em Campinas que reacendeu a chama de voltar a voar como lazer, e não ser mais apenas um operador de sistemas como hoje em dia”, conta.

O modelo escolhido e importado foi o Globe Swift 1949. “A história dele é maravilhosa. John Kennedy, o fundador da empresa (não é o ex-presidente dos EUA), queria uma aeronave simples, de alumínio, inovadora para a época. Esse avião foi produzido entre 1946 e 1951, primeiro pela Globe e depois pela Temco. Hoje, existem cerca de 400 desses voando, a maioria em terras norte-americanas. No Brasil, são quatro”, explica. 

Missão importação

A aeronave estava nos Estados Unidos, no estado da Geórgia, e pertencia a outro comandante, um ex-piloto da Força Aérea Americana. Era certo que todo o processo de compra não seria fácil. “Esse foi o segundo avião que adquiri, mas foi a primeira vez que decidi importar uma aeronave”, diz. E quem participou dessa missão com Sancho foi a Remessa Online.

Foi fazendo uma busca na internet que ele encontrou a empresa, que é especialista em transferências internacionais e tem funcionamento 100% online. “Falei com várias companhias e o atendimento da Remessa Online foi, de longe, o melhor. Com o respaldo deles, fiz a opção de comprar e importar por minha conta”, afirma.

Como esperado, a operação não foi, assim, tão simples. O comprador esbarrou na burocracia brasileira, enfrentou conflitos legais entre as regras dos diferentes países, mas, aos poucos, conseguiu viabilizar a importação. “Se o processo for feito com alguma documentação errada, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) não libera a entrada do avião no país. Se isso acontecer, a situação só se resolve na justiça, e pode levar anos. Sem contar que, dependendo do tempo que o avião fica parado, ele deixa de funcionar. Foi desse risco e desse prejuízo que a Remessa Online me livrou”, ressalta.

Desde a chegada da aeronave, as compras do comandante foram um pouco menores: apenas algumas peças de manutenção. Como nos Estados Unidos existe a tradição de dar um nome feminino aos aviões, Sancho batizou sua aquisição de Miri, diminutivo de mirror (espelho, em português) e é com ela que ele desbrava os céus em seus momentos de lazer.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s