Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Procura por carros usados bombou o mercado de autopeças em 2021

Setor avançou quase 47% em 2021 e tende a crescer ainda mais com o aumento da procura por seminovos

Por Henrique Rodriguez Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
15 mar 2022, 09h35

O aumento dos preços dos carros novos espantou muita gente das concessionárias e aqueceu o mercado de carros usados – que também encareceram. Em 2021, pela primeira vez, mais de 11 milhões de carros trocaram de mãos no Brasil, o que representa uma alta de 18,8% frente a 2020.

Na prática, seis carros usados para cada zero-km vendido. Foi a tempestade perfeita para o mercado de peças de reposição.

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

abre peças
(Xico Buny/Quatro Rodas)

O último balanço do Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos, o Sindirepa, apontou um crescimento de 46,8% para as vendas de peças de reposição de veículos leves, de novembro de 2020 a novembro de 2021. E a tendência é de que este segmento continue crescendo em 2022.

O carro que entra no estoque de uma loja precisando de algum reparo, o recém-comprado que passa por uma boa revisão.

Foi isso que ajudou a movimentar o mercado de autopeças. Pesquisa da consultoria McKinsey aponta que consertos no sistema de escape, no ar-condicionado, em módulos eletrônicos e nos sistemas de direção e suspensão são os mais requisitados no Brasil.

Entre os itens de desgaste, os óleos lubrificantes, pneus, componentes de freios e baterias representam os maiores gastos.

Compartilhe essa matéria via:

Dados da Associação da Indústria de Pneumáticos, a Anip, revelam um crescimento de 8,8% nas vendas em 2021 para automóveis e de 22,9% para comerciais leves. Ainda assim, o setor não superou o patamar de vendas de 2019.

De acordo a McKinsey, o mercado de peças de reposição é impulsionado pela idade dos veículos, especialmente quando passam dos 12 anos.

Estes veículos representaram 41% da frota circulante no Brasil em 2021 e passarão a responder por uma fatia de 45% em 2022, um crescimento de 11%. Enquanto isso, o número de carros com até três anos de uso tende a cair em 3,6% devido às vendas em baixa.

Continua após a publicidade

Fabricantes de autopeças comemoram o bom momento. É o caso da Viemar Automotive, de Porto Alegre (RS), que fabrica peças para sistemas de freio, direção e suspensão, que ampliou a produção e contratou funcionários em 2021. Já a Takao, importadora de peças de motores, comemora o crescimento das vendas em mais de 30% no último ano.

As fabricantes de automóveis já estão de olho no mercado de reposição, lançando linhas de peças originais de maior circulação com preços em conta.

É o caso da Mopar (Fiat, Jeep e Dodge), Motrio (Renault) e Euro Repar (Peugeot e Citroën), que também buscam atender os carros que já saíram da garantia e não são tão assíduos nas oficinas das concessionárias.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

A edição 755 de QUATRO RODAS já está nas bancas!

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.