Clique e assine por apenas 5,90/mês

Estes minicarros para crianças são tão equipados quanto carros de verdade

Minicarros têm motor a gasolina, faróis de led, sensor de estacionamento e até câmera de ré, mas podem custar o mesmo que um carro de verdade

Por Fábio Black - Atualizado em 19 out 2020, 11h13 - Publicado em 12 out 2020, 09h45
A Roger’s tem 14 modelos de carroceria em sua fábrica Fernando Pires/Quatro Rodas

A relação de amor com os carros pode surgir quando ainda somos crianças. Parece genética. Mas pais e avôs intrinsicamente transmitem seus sentimentos e nos ensinam essa paixão. Provar isso é muito fácil. Coloque uma criança perto de um minicarro e você entenderá do que estamos falando.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine por apenas R$ 8.90

Fizemos essa experiência dentro de uma fábrica de minicarros, a Roger’s Garage. Quatro crianças entre 3 e 12 anos de idade passaram uma tarde na linha de montagem dos carrinhos e puderam ver de perto as miniaturas sendo construídas.

Linha de montagem preparada para os minicarros. Fernando Pires/Quatro Rodas

A emoção do encontro com um carro, que elas de fato poderiam usar e se divertir foi um momento muito mágico para elas (e também para nós, adultos, que acompanhamos a visita). Ver as criançascurtindo cada detalhe dos minicarros deixou claro que a paixão pelos automóveis é quase inata ao homem (e também às mulheres).

A variação dos tipos de acabamento dos minicarros é um diferencial da Roger’s Fernando Pires/Quatro Rodas

A Roger’s Garage é uma fábrica que surgiu em 2018 com o objetivo de produzir minicarros para crianças. Os donos, o casal Regina Gutierrez e Rogério Silva, são dois apaixonados por automóveis e não pensaram duas vezes em montar a fábrica, quando tiveram oportunidade.

Convidadas a participar das reportagens, as crianças adoraram a brincadeira Fernando Pires/Quatro Rodas

A linha atual da Roger’s inclui minirréplicas de VW Kombi, buggies, picapes dos anos 50 e até caminhões Scania e Volvo, e também um clássico entre os antigos fora de série nacionais, o MP Lafer, entre outros.

O acabamento é de dar inveja Fernando Pires/Quatro Rodas

Os minicarros que a Roger’s produz são praticamente automóveis em tamanho reduzido. Possuem motor quatro tempos de 110 cm3, câmbio semiautomático com três marchas mais a ré, partida elétrica, freios a disco na dianteira e freio a disco central na traseira – este último fica acoplado a um diferencial. Há ainda um quarto disco na traseira, com a função de freio de estacionamento (ou freio de mão).

Outro diferencial mecânico importante é que, em todos os modelos, existe a regulagem de distância dos pedais do minicarro, tornando possível que crianças a partir de 1,30 metro de altura (e seus pais) possam dirigir com conforto.

A oficina de carrocerias trabalha em ambiente separado da linha de montagem Fernando Pires/Quatro Rodas

Os carrinhos ainda vêm equipados com farol, luzes de alerta (piscantes), painel com velocímetro, display de posição de marcha, freio de mão e buzina. Também há mimos como sistema de som com Bluetooth, sensor de estacionamento na traseira e câmera de ré.

Continua após a publicidade
Cofre do motor isolado e organizado garante a segurança. Fernando Pires/Quatro Rodas

O acabamento é outro ponto de destaque. A tapeçaria utiliza materiais de boa qualidade e cada carro tem o design do interior de acordo com o modelo, a cor e até mesmo um tema específico escolhido.

Tapeçaria feita a mão Fernando Pires/Quatro Rodas

Como a produção da Roger’s é artesanal, todos os carros podem ser feitos sob medida, ao gosto do comprador – como os mais exclusivos veículos premium em escala 1:1. Segundo a proprietária, em 90% dos casos os carros são encomendados, pensados e criados para atender o gosto particular das crianças, filhos dos compradores.

Máquinas industriais modernas são usadas para obter a exclusividade de cada modelo Fernando Pires/Quatro Rodas

“Eu fico com o Rogério na parte de desenvolvimento, por conhecer um pouco mais do público de automóvel”, diz Regina, que, antes de entrar no ramo das miniaturas, trabalhou muitos anos na comercialização de veículos importados.

Fernando Pires/Quatro Rodas

Para atender os desejos dos clientes, sem limites de imaginação, a Roger’s tem um time de 24 funcionários especializados na fabricação e desenvolvimento visual para aprovação do cliente.

Pic By Fernando Pires / http://www.flpires.com.br Fernando Pires/Quatro Rodas

Esse nível de personalização requer uma indústria equipada com um ferramental completo. Estamos falando de máquinas de corte a laser (uma para metais e outra para polímeros), plotters de impressão, plotter de recorte, Vacuform, desenvolvimento de peças mecânicas em 3D e impressora 3D para protótipos. Tudo lá dentro.

Fernando Pires/Quatro Rodas

A linha de produção tem ritmo e organização profissional e é separada em diversos boxes, que vão desde a oficina de fabricação de chassis, produção das carrocerias de fibra para posterior pintura e montagem mecânica até tapeçaria e finalização do carro para a entrega ao cliente.

Fernando Pires/Quatro Rodas

Sonhar não custa nada, mas para realizar o sonho do minicarro próprio é preciso desembolsar o valor correspondente ao de uma motocicleta de baixa cilindrada, como uma Honda Twister de 250 cc.

Na Roger’s Garage, um minicarro custa por volta de R$ 17.000. E se você caprichar nos pedidos e opcionais (como leds, luzes estroboscópicas, sirenes e capas de proteção, por exemplo), pode chegar facilmente aos R$ 29.500.

O ajuste de profundidade dos pedais do minicarro faz com que ele seja ergonômico para qualquer idade Fernando Pires/Quatro Rodas

São mais de 14 modelos com possibilidades infinitas de temas e acabamentos. Basta sonhar, que a Roger’s realiza para você e seu filho.

A Roger’s realiza projetos para ações de marketing e decoração Fernando Pires/Quatro Rodas

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

Quatro Rodas

Quatro Rodas 737 60 anos
Clique e Assine
Continua após a publicidade
Publicidade