Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

As grandes reportagens que marcaram os 60 anos de QUATRO RODAS

Reunimos 16 reportagens que se destacaram em nossa trajetória nestes 60 anos e frequentemente são lembradas por leitores, fontes e por nós mesmos

Por Isadora Carvalho Atualizado em 23 set 2020, 20h29 - Publicado em 23 set 2020, 07h00

Como forma de comemorar os nossos 60 anos, compilamos 16 reportagens que, por suas características de profundidade e ineditismo, marcaram nossa história. E é por meio delas que podemos contar um pouco da nossa trajetória. Confira abaixo!

2014: Reprovamos o EcoSport

Reprovamos o EcoSport em nosso teste de Longa Duração e ele foi capa Quatro Rodas/Reprodução

A capa de janeiro de 2014 repercutiu muito entre os leitores e na indústria. Afinal, não é todo dia que um carro de Longa Duração é reprovado. O veredicto foi dado aos 60.000 km. Mas, antes disso, o Ford EcoSport já dava sinais de que as coisas não iam bem. Ocorreu pela extensão e gravidade da lista de problemas como suspensão com defeito, desgaste excessivo e infiltração em itens do motor.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine por R$ 8.90

2019: Ressuscitamos o Puma GT 4R

Construímos uma réplica do Puma GT 4R para participar da corrida Red Bull Ladeira Abaixo Quatro Rodas/Reprodução

Em 1969, QUATRO RODAS entrou para a história por ser a única revista do mundo a produzir veículos especiais.

A revista encomendou três unidades do hoje lendário Puma GT 4R para sortear entre os leitores. Em abril de 2019, resolvemos repetir a dose e construímos uma réplica do Puma GT 4R para participar da corrida Red Bull Ladeira Abaixo, uma competição que estreava a edição brasileira em São Paulo para eleger o carro mais divertido e também o mais rápido.

A construção do modelo teve o auxílio luxuoso de profissionais como o designer automotivo Du Oliveira e David Padrão, que é especialista no desenvolvimento e montagem de protótipos em escala reduzida. O repórter que idealizou a pauta e participou do desenvolvimento, Rodrigo Ribeiro, não pôde estar na corrida. Então coube ao editor Henrique Rodriguez representá-lo no dia, como piloto, enquanto os demais integrantes da redação assumiram diferentes funções na equipe do carro.

2019: Desafio de autonomia dos elétricos

Levamos Chevrolet Bolt, Jaguar i-Pace, Nissan Leaf e Renault Zoe ao limite para saber quantos quilômetros conseguiriam percorrer com uma carga Quatro Rodas/Reprodução

Com tanta história em 60 anos, é claro que a própria QUATRO RODAS serve de inspiração na realização das reportagens atuais e foi o que aconteceu neste caso. A matéria de agosto de 2019, que testou a autonomia de quatro carros elétricos, foi inspirada no teste de resistência com veículos a álcool de 1979.

Levamos Chevrolet Bolt, Jaguar i-Pace, Nissan Leaf e Renault Zoe ao limite para saber quantos quilômetros conseguiriam percorrer com uma carga. Seis profissionais e cinco carros foram necessários para realizar a prova.

2016: Exclusividade e pioneirismo na cobertura da Fiat Toro

Mostramos todos os detalhes do desenvolvimento de um dos maiores lançamentos do anos de 2016: a Fiat Toro Quatro Rodas/Reprodução

Em abril de 2016, publicamos uma reportagem exclusiva, na qual mostramos todos os detalhes do desenvolvimento de um dos maiores lançamentos daquele ano: a Fiat Toro. A apuração começou em fevereiro de 2014 e o editor Paulo Campo Grande pôde acompanhar mensalmente, durante 18 meses, todas as etapas da criação da picape.

Foi a primeira vez na história mundial da Fiat que a empresa permitiu o acesso e forneceu informações de um projeto com tanta antecedência a um jornalista.

2017: Reencontro com a F40 após 25 anos

Após 25 anos nos reencontramos com a Ferrari F40, que testamos com exclusividade em 1992 Quatro Rodas/Reprodução

Vinte e cinco anos depois de termos andado com exclusividade na legendária Ferrari F40 (o teste foi publicado na edição de novembro de 1992), reencontramos o superesportivo para um revival.

No ano em que completamos nosso 57º aniversário pudemos fotografar a unidade que, ao que tudo indica, era a mesma que foi pilotada pelo repórter Bob Sharp em 92. Guardada por um colecionador de Ribeirão Preto (SP), a F40 estava imaculada e era possível ver a alegria de todos por participarem de mais um momento histórico da revista.

2014: Hora de tocar o Guarani 

Medindo 7,1 metros de comprimento, 2,8 de largura e 2,6 de altura, o Guarani tem tração 6×6 e motor de 383 cv Quatro Rodas/Reprodução

Em primeira mão, pudemos dirigir um blindado produzido exclusivamente para o Exército Brasileiro. O Guarani é um veículo para o transporte de tropas, que foi desenvolvido pelo Exército em parceria com a Iveco.

  • Medindo 7,1 metros de comprimento, 2,8 de largura e 2,6 de altura, o Guarani tem tração 6×6, motor de 383 cv e diversos equipamentos de proteção e ataque. O editor Paulo Campo Grande teve que fazer uma escalada vertical para chegar à cabine usando o pneu como degrau, mas o esforço valeu a pena para ter essa experiência única.

    2019: O maior comparativo de todos os tempos

    Fizemos o maior comparativo da história da Quatro Rodas, reunindo 12 SUVs Quatro Rodas/Reprodução

    Fizemos o maior comparativo da história da QUATRO RODAS: reunimos 12 SUVs compactos para definir quem era o melhor do país.

    Continua após a publicidade

    O supercomparativo, realizado em maio de 2019, revelou as características dos modelos que fazem parte do segmento que mais cresce no Brasil. Os autores da reportagem compararam o desempenho, os dados técnicos e os custos de propriedade para chegarem ao vencedor.

    2017: Realizamos um teste para avaliar os perigos do sono ao volante

    A reportagem avaliou os perigos do sono ao volante após submeter quatro voluntários a um teste no autódromo de Interlagos Quatro Rodas/Reprodução

    Promovemos um teste exclusivo para avaliar o perigo de dirigir com sono. A prova aconteceu no Autódromo de Interlagos, com a assessoria de médicos e instrutores de direção e teve quatro motoristas voluntários.

    Eles cumpriram um traçado na pista estando descansados e, no dia seguinte, repetiram as manobras após passarem a noite em claro. A reportagem recebeu o Prêmio SAE de Jornalismo.

    2000: O nosso crash-test

    Em 2000, submetemos quatro modelos a um crash-test foi a primeira vez que uma revista produziu um teste de segurança como esse no país Quatro Rodas/Reprodução

    Submetemos os quatro carros mais vendidos do Brasil a um crash-test, uma iniciativa sem precedentes. Os veículos foram arremessados a 50 km/h em uma barreira de 250 toneladas. O teste custou R$ 180.000 e envolveu 30 pessoas.

    2004: Rodamos 300 km em um Fiat 147 em péssimo estado

    Rodamos 300 km com um Fiat 147, sem condições de rodagem e com documentação irregular Quatro Rodas/Reprodução

    Rodamos 300 km com um Fiat 147, sem condições de rodagem e com documentação irregular. A reportagem publicada em outubro de 2004 teve a intenção de revelar a liberdade de movimento de um carro completamente fora da lei.

    E realmente mostrou. Ela expôs a escassez de lugares públicos para apreensão de veículos irregulares.

    2006: Alertamos o recall do Fox

    Expusemos uma falha grave no VW Fox que logo depois virou recall de fábrica Quatro Rodas/Reprodução

    Nós fomos a primeira publicação a abordar o defeito do banco traseiro do VW Fox, que, ao ser rebatido, feria gravemente os dedos do usuário. Em junho de 2008, a VW convocou os 477.000 Fox, fabricados entre 2003 e 2008, para recall de fábrica.

    1972: Denunciamos um cego com CNH

    A revista apresentou em 1972 uma denúncia sobre a emissão de carteira de motorista para um cego Quatro Rodas/Reprodução

    A revista apresentou uma denúncia sobre a emissão de carteira de motorista para um cego, em Recife (PE), provando que conseguir habilitação era questão de preço. A CNH do cidadão Sebastião da Silva custou cerca de Cr$ 1.500, o equivalente a R$ 4.000 hoje.

    A reportagem investigativa ganhou o prêmio Esso de jornalismo um pouco mais tarde, em 1968.

    1969: Nós fomos a Copa do Mundo no México de carro

    Nesta matéria cruzamos 14 países da América Latina para chegar a sede da Copa do Mundo de 1970 no México Quatro Rodas/Reprodução

    Foram 14.000 km e 14 países a bordo de um Galaxie. Nosso destino: chegar ao México, a sede da Copa do Mundo de 1970. A aventura durou cerca de 30 dias e a matéria foi um guia de viagem com informações detalhadas sobre as condições da estrada Pan-americana, locais de hospedagem, previsão de custos e as principais atrações turísticas de cada cidade.

    2007: Os perigos da mistura de álcool e direção

    O especial de 14 páginas, publicado em julho de 2007, desmistifica a ilusão de que dá para conciliar bebida e direção Quatro Rodas/Reprodução

    Flagramos jovens na noite paulistana abusando do álcool e associando a atitude à condução.

    O especial de 14 páginas, publicado em julho de 2007, desmistifica a ilusão de que dá para conciliar bebida e direção e também que é possível beber uma pequena quantidade sem afetar a atenção e os reflexos básicos em uma condução com responsabilidade. A reportagem tornou mais claro o motivo da estatística de que 50% da causa da morte de jovens no país estava associada ao álcool.

    1995: O dia em que testamos a velocidade máxima de cinco esportivos

    Em 1995, reunimos cinco esportivos e tiramos velocidade máxima deles. Todos ultrapassaram a barreira dos 246 km/h Quatro Rodas/Reprodução

    Reunimos cinco bólidos: Ferrari F355, BMW M3 e M5, Mercedes S600 e Dodge Viper e testamos a velocidade máxima de cada um deles. Na pista da General Motors, todos os esportivos ultrapassaram a marca de 246 km/h. O teste seguiu um rigoroso critério de cronometragem e segurança.

    2002: Colocamos etanol em um carro a gasolina

    Abastecemos com etanol nosso carro a gasolina e fomos de São Paulo até Brasília Quatro Rodas/Reprodução

    Ainda não havia carros flex, mas o povo já misturava etanol e gasolina de acordo com os preços nas bombas. Abastecemos com etanol nosso carro a gasolina e fomos de São Paulo até Brasília. Ele rodou bem e tornou-se celebridade.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Continua após a publicidade
    Publicidade