Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Postos Petrobras e Shell se rendem à recarga de carros elétricos

Shell quer instalar 35 eletropostos e Petrobras, 70 até o final de 2023. Todos eles terão recarga rápida ou ultrarrápida

Por Paulo Campo Grande Atualizado em 15 jul 2022, 11h58 - Publicado em 30 jun 2022, 12h55

A Vibra, ex-BR Distribuidora e licenciada da marca Petrobras, inaugurou hoje o seu primeiro eletroposto para recarga de veículos elétricos.

Trata-se de um carregador ultrarrápido, com três pontos de recarga (com plugues dos padrões CCS-2, CHAdeMO e conector Tipo 2), com potência máxima de saída de 150 kW em corrente contínua e 43 kW em corrente alternada, o que proporcionará aos usuários, o carregamento de 80% das baterias em até 20 minutos, dependendo da capacidade dos veículos.

ROSEIRA (SP), 30/06/2022 - ENERGIA / COMBUSTÍVEL - Vibra inaugura primeiro eletroposto ultrarrápido do país para recarga elétrica de veiculos. Localizado na rodovia Presidente Dutra, o posto Petrobras Arco Iris, no município de Roseira/SP, é primeiro posto a receber o projeto que pretende eletrificar 50 postos em rodovias, criando o maior corredor elétrico do Brasil, com quase nove mil quilômetros de extensão até 2023. Foto de Alexandre Brum/Enquadrar/Vibra
Vibra/Divulgação

O eletroposto foi instalado no posto Petrobras Arco Iris, na cidade de Roseira (SP), no km 82 da Via Dutra, e vai permitir, por exemplo, que a maioria dos veículos chegue ao Rio de Janeiro sem a necessidade de uma nova recarga no caminho.

Segundo a Vibra, esse é o primeiro de muitos eletropostos que ela pretende instalar no país. O plano da empresa prevê, mais precisamente, 70 eletropostos até o fim de 2023, sendo 50 deles instalados em rodovias. Até então, os carregadores presentes em postos da bandeira eram lentos, disponibilizado em parceria com fabricantes como a Nissan.

O objetivo da Vibra é conectar sete estados brasileiros, cobrindo toda a região Sul e Sudeste do país, além de cidades como Brasília, no planalto central, criando o maior corredor elétrico do país com quase nove mil quilômetros de extensão.

“A escolha de priorizar nossa atuação em postos rodoviários se deu porque identificamos que hoje a maior dificuldade dos usuários de veículos elétricos está relacionada à falta de infraestrutura de recarga fora dos centros urbanos, o que compromete a experiência do usuário em de longas distâncias”, afirma Wilson Ferreira Junior, presidente da Vibra.

Parceria

Além das rodovias, o projeto da Vibra prevê ainda soluções de recarga em locais públicos como estacionamentos, pontos comerciais, shoppings e condomínios, por meio da parceria com a startup EZVolt.

Continua após a publicidade

Pioneira na implantação de carregadores, a EZVolt possui mais de 300 carregadores em sua rede, com presença em nove estados brasileiros, entregando mais de 3 mil recargas mensais.

Compartilhe essa matéria via:

E, agora, tem a missão de desenvolver o projeto nos postos com a Vibra, cuidando da instalação, operação e manutenção dos equipamentos, e ferramentas de gestão para os proprietários de redes privadas.

Neste momento, o serviço de recarga elétrica no Posto Arco Íris será uma cortesia para os clientes da Vibra. Os clientes cadastrados no Premmia, que recarregarem seus veículos no Posto acumularão dez vezes mais pontos no programa.

No futuro, o app do programa de relacionamento funcionará de forma integrada, permitindo além do pagamento pela recarga, o planejamento de viagens com a programação de paradas para recarga em eletropostos Vibra, com segurança e confiabilidade.

Carregadores Shell

shell-fast-charger
Shell/Divulgação

O lançamento da rede de eletropostos da Vibra, acontece duas semanas depois da Raízen, licenciada da Shell, apresentar seu programa de eletromobilidade, Shell Recharge.

Compartilhe essa matéria via:

A empresa inaugurou seu primeiro ponto de recarga rápida, em um posto localizado na Marginal do Rio Tietê, no bairro do Limão, na zona norte de São Paulo, e anunciou seu plano de criar uma rede de 35 estações para carregamento de veículos elétricos. Neste primeiro posto a recarga é cobrada: R$1,90/kWh. Ou seja, a recarga completa de um carro com bateria de 50 kWh custa R$ 95.

Segundo a Raízen, os eletropostos Shell podem abastecer veículos elétricos em até 35 minutos, com carregadores de 50kW e 150kW.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.


a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo de QUATRO RODAS. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês