Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Placa preta volta e Brasil terá duas identificações para carros clássicos

Atendendo a pedidos, Contran autoriza placa de clássicos em fundo preto. Uso é restrito ao Brasil, ao menos por enquanto

Por Eduardo Passos Atualizado em 22 dez 2021, 20h54 - Publicado em 20 dez 2021, 16h45

Desde que o novo padrão de placas do Mercosul entrou em vigor, “novos” veículos antigos perderam acesso às cobiçadas placas pretas. Usadas para identificar veículos com, no mínimo, 30 anos de idade e bom estado de originalidade, as chapas deram lugar a um novo padrão, usado em países do Mercosul.

Mais barato que gasolina! Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 6,90

Graças a uma possibilidade legal encontrada pelo Detran-PR, entretanto, as placas pretas retornarão em novo desenho — alinhado com as diretrizes do bloco econômico. Desse modo, a partir de janeiro de 2022 será possível emplacar carros elegíveis com uma identificação inédita, de fundo preto e letras brancas.

O anúncio ocorreu de maneira bem discreta, primeiramente no perfil @clubedocarroantigodobrasil no Instagram. Mesmo sem publicações oficiais até o fechamento da reportagem, QUATRO RODAS entrou em contato com o órgão paranaense, que confirmou a mudança ratificada em reunião na última segunda-feira (13).

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Escola de Restauração CCA🇧🇷 (@clubedocarroantigodobrasil)

Coordenador da Área de Habilitação do órgão, Larson Orlando reforçou que faltam apenas formalidades, como a publicação no Diário Oficial da União, para que a novidade comece a valer em todo o Brasil. Líder da mudança, o departamento já prepara uma cerimônia junto à Federação Brasileira de Veículos Antigos para estrear o novo padrão. O evento tem presença esperada do governador Ratinho Jr. e de diretores da Secretaria Nacional de Trânsito.

Continua após a publicidade

Compartilhe essa matéria via:

Circulação exclusiva no Brasil

Placa branca com letras cinzas seguirá necessária para sair do Brasil.
Placa branca com letras cinzas seguirá necessária para sair do Brasil. “Questão de tempo”, acredita Orlando Larson Orlando/Quatro Rodas

Ainda que a mudança seja estritamente estética, Orlando reforça o desejo dos colecionadores em recriar o “atestado de autenticidade” mais famoso dos carros antigos. Como a atual placa para carros clássicos é bem parecida com a de veículos comuns, a grande maioria dos colecionadores se sentia frustrado pelo fim do adereço. “Será um sucesso. Com esse novo modelo, o veículo de coleção será diferenciado de maneira visível”, comenta.

Brasileiros poderão optar por placa preta no padrão Mercosul a partir do mês que vem
Brasileiros poderão optar por placa preta no padrão Mercosul a partir do mês que vem Reprodução/Presidência da República

Para que a mudança fosse possível sem negociar com Argentina, Paraguai e Uruguai, o trabalho foi capitaneado pelo diretor-geral do Detran-PR, Wagner Mesquita de Oliveira. Segundo Orlando, o órgão assumiu as tratativas devido à reconhecida expertise na qualificação de carros clássicos.

O resultado foi uma brecha, encontrada nos regulamentos nacionais e internacionais. Com esse entendimento ratificado pela União, o Brasil contará com dois tipos de placas de coleção: a atual, no padrão Mercosul (que permitirá circulação pelo continente) e a nova, de uso restrito no território brasileiro. “Como ela é exclusivamente para circulação nacional, os órgãos de fiscalização do Brasil saberão que essa nova placa nova é adequada”, disse Larson Orlando.

À parte da estética, o procedimento para emissão e outras questões burocráticas deverão seguir inalterados. Outras discussões, como dimensões de placa reduzidas para carros mais antigos, seguem em debate. Segundo o Detran-PR, é questão de dias para que a mudança seja oficializada no DOU.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

capa
A edição 752 de QUATRO RODAS já está nas bancas! arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

ou

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês