Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Sem lacre, nova placa do Mercosul pode ser trocada de lugar?

Mesmo sem lacre, placa nova deve continuar em local designado e não pode ser retirada, mesmo sendo para ficar em local mais visível

Por Leonardo Barboza Atualizado em 13 Maio 2021, 13h58 - Publicado em 10 abr 2021, 10h40
placa mercosul
Placa deve ficar em lugar visível e não pode ser mudada de local Acervo/Quatro Rodas

Tenho uma picape com a nova placa do Mercosul. Gostaria de saber se caso eu tenha que carregar alguma carga que precise baixar a tampa e tapar a placa, eu posso retirar a placa traseira, já que não tem mais o lacre, e colocá-la em um lugar visível? José Carlos Estevez, Rio de Janeiro (RJ)

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

Conforme o Ministério da Infraestrutura, apesar de a nova placa não ter lacre, a mudança do local é proibida e passível de multa. Trafegar com a placa coberta pode gerar multa de R$ 195,23 (infração grave, 5 pontos na CNH e retenção do veículo até a regularização).

  • Ela deve permanecer no local designado e sem sofrer danos. Caso seja impedida a sua visualização, a única saída é a adição de uma terceira placa em um local legível, como já era exigido anteriormente.

    Se o veículo transportar bicicletas, elas precisarão estar bem fixadas à traseira do carro. Se elas se soltarem, além do risco alto de acidentes, também pode acarretar multa de R$ 293,47 se a bicicleta se soltar e arrastar na via (gravíssima, 7 pontos).

    Se o condutor optar por usar uma carreta atrelada ao veículo, ela deverá ser registrada e ter sua própria placa, também posicionada em local legível e iluminada a noite.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    capa 743
    Arte/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade