Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Citroën 5CV: primeiro carro popular da Europa foi pensado para as mulheres

Leve, com mecânica simples e cores chamativas, o chamado "Petit Citron" revolucionou ao ter sido concebido para o público feminino

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 8 mar 2022, 14h05 - Publicado em 8 mar 2022, 13h50

Quando Bertha Benz fez a primeira longa viagem de carro, em 1888, enfrentou uma série de contratempos que seriam comuns aos motoristas nas próximas décadas.

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

Foram cerca de 180 km de ida e volta entre Mannheim e Pforzheim a bordo do Patent-Motorwagen criado pelo marido, Carl Benz. Mas houve paradas para desentupir a tubulação de combustível, abastecer com benzina em uma farmácia, trocar as sapatas de freio e fazer paradas recorrentes para completar a água do sistema de arrefecimento. Só a ida durou 12 horas. 

Mesmo com todas as evoluções nas décadas seguintes, dar partida no motor pela manivela, operar comandos pouco intuitivos e ter que corrigir manualmente a mistura de combustível e até a pressão no tanque de combustível. Também não havia direção assistida ou servo freio. 

Citroën 5CV
Divulgação/Citroën

O esforço físico necessário para dirigir restringia os carros ao público masculino, geralmente motoristas profissionais.

O primeiro carro a romper com isso foi o Citroën 5CV, apresentado há exatamente 100 anos no Salão de Paris de 1922. Criação do próprio André Citroën, o 5CV é considerado o primeiro carro popular da Europa e essa definição vai além do preço.

Citroën 5CV
Divulgação/Citroën

Foi concebido, justamente, para ser fácil de dirigir. Seu motor era um quatro cilindros de 856 cm³ e 11 cv com motor de partida elétrico, manutenção simples e combinado a um câmbio de três marchas (que ainda não eram sincronizadas). Esse conjunto ajudava a conter o peso, de 543 kg. A propósito, a carroceria era de madeira.

Continua após a publicidade

Os pneus estreitos deixavam a direção mais leve e os freios exigiam menos força e mais habilidade. Isso porque o pedal de freio (que àquela altura ficava à direita, com o acelerador entre a embreagem e o freio) acionava um sistema de freio na transmissão – e, consequentemente, as rodas dianteiras. Uma alavanca de freio de mão acionava os freios nas rodas traseiras.

Era necessário equilibrar o uso dos dois sistemas sob o risco de quebrar um eixo de roda traseira.

Citroën 5CV
Divulgação/Citroën

Mesmo assim, era uma evolução e tanto para o que se tinha naqueles anos 20 e André Citroën usou isso a seu favor. Enquanto todos os outros carros eram direcionados ao público masculino, todas as publicidades do Citroën 5CV representavam o carro conduzido por uma jovem mulher.

Citroën 5CV
Divulgação/Citroën

Além disso, foi apresentado em cores muito vivas. Quase todas as primeiras unidades tinham a carroceria de madeira pintada na cor amarela com para-lamas pretos, combinação que rendeu o apelido “Petit Citron” (“Pequeno Limão”, em português, também brincando com o nome da marca).

O Citroën 5CV foi um sucesso, especialmente entre o público feminino e levou a uma pequena revolução social na época.

Foi um carro realmente popular. Entre 1922 e 1926, mais de 83.000 unidades foram produzidas, entre versões de 2 e 3 lugares, conversível e de carga, e exportadas para quase todos os continentes.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

A edição 755 de QUATRO RODAS já está nas bancas!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês