Clique e assine por apenas 8,90/mês

Teste de produto: pulverizador promete economizar até 60% de combustível

Será que um tubinho plástico é capaz de reduzir em até 60% o consumo de combustível? Definitivamente, não...

Por Fernando Garcia - Atualizado em 6 fev 2020, 08h00 - Publicado em 6 fev 2020, 07h00
O Auto Flexx é instalado na mangueira de combustível Paulo Bau/Quatro Rodas

Em época de recessão, economia para o bolso soa como um deleite aos nossos ouvidos, sobretudo com o combustível, o principal vilão para quem usa automóvel.

Aproveitando-se desse apelo, o economizador Auto Flexx seduz seus potenciais clientes com a promessa de diminuir o consumo de etanol ou gasolina entre 20 e 60%.

Fabricado em Manaus (AM), o dispositivo é um tubinho plástico de 14 cm, que funciona como um extensor da mangueira de combustível.

Segundo o fabricante, a gasolina ou o etanol passa por ele e sai pulverizado em direção ao motor, garantindo uma queima mais eficaz e, por consequência, um consumo menor.

Continua após a publicidade

A instalação é simples: localize a mangueira por onde o combustível passa e a flauta que alimenta os bicos injetores. Após desconectar a mangueira da flauta, prenda o Auto Flexx nela e conecte tudo novamente.

Convidamos o responsável pela comercialização do produto, Franco Nascimento, para ir até nossa pista de Limeira (SP) orientar a instalação e acompanhar o teste de consumo, que foi feito em um Honda HR-V 1.8 EXL 2019/2020, modelo aprovado por Franco.

Ele nos sugeriu avaliar dois dispositivos diferentes, sendo um Normal e outro Turbo, aparentemente iguais. Nosso piloto de teste Eduardo Campilongo fez todas as medições de consumo, iguais às que são realizadas nos lançamentos das montadoras.

Sem o aparelho, registramos 11,8 km/l no ciclo urbano e 15,2 km/l no rodoviário, utilizando gasolina. Após a colocação do Auto Flexx, os números obtidos foram piores: 11,3 km/l na cidade e 14,2 km/l na estrada.

Continua após a publicidade

Fizemos ainda uma terceira medição, com a versão Turbo: ficou empatada com a primeira passagem, que não tinha nenhum aparelho instalado: 11,8 km/l na cidade e 15,2 km/l na estrada.

Questionado, Franco afirmou que o teste no Honda não correu como ele esperava, mas que em 95% dos veículos o Auto Flexx funciona perfeitamente.

“A política da empresa sempre foi que, ao comprar o dispositivo, o cliente fique tranquilo quanto à funcionalidade e, se não funcionar, devolvemos o dinheiro”, diz.

Avaliação

Economizador de combustível Auto Flexx Paulo Bau/Quatro Rodas

Cumpre o que promete? Não
Nota:
0
Comentário: Com a promessa de economizar na ordem de 20 a 60%, no nosso teste não apresentou nenhuma melhoria.
Preço: R$ 99,90
Compra: autoflexxbrasil.com.br

Publicidade