Clique e assine por apenas 8,90/mês

Teste de produto: friso para evitar arranhões nas rodas

O friso Rimblades pode ser uma alternativa para proteger ou cobrir pequenos riscos na borda das rodas

Por Fernando Garcia - 5 dez 2018, 15h42
Antes de instalar, você deve limpar a área. Depois aplique o friso autocolante e finalize cortando a ponta para encaixar as duas partes Paulo Bau/Quatro Rodas

Por mais cuidado que se tenha ao estacionar o carro, às vezes deixamos o pneu encostar na calçada e acabamos riscando a roda. Para não ter esse tipo de aperto no coração, é aí que entra na jogada o Alloy Wheel Rim Protectors (protetores de aros de liga leve) da Rimblades.

De patente britânica, o produto tanto protege como cobre riscos já existentes. Vendido em duas versões, Flex (para bordas arredondadas) ou Scuffs (bordas planas), ele está disponível em oito cores: azul, amarelo, branco, cinza, laranja, preto, verde e vermelho.

Cada kit traz quatro frisos de poliuretano de 1,9 metro, suficiente para aros de até 22 polegadas, além de um par de luvas e sachês com lenços umedecidos com álcool e primer.

Para descobrir como o Rimblades funciona, chamamos o técnico Osmar Venâncio, que comanda a Alumini Rodas, empresa especializada em customização e restauração. Nas rodas de um Mini Cooper (205/45 R17) com borda plana, Osmar fez a limpeza usando o lenço com álcool, seguido pelo primer, para ajudar na adesão da tira.

Continua após a publicidade

Após cinco minutos, colou o Rimblades – da cor cinza, como se vê nas fotos acima – por toda a borda e cortou a sobra. “Visualmente, o acabamento até que ficou discreto por causa da cor desse produto e da emenda, que ficou praticamente imperceptível”, disse.

Apenas um cuidado importante: o veículo não pode passar de 60 km/h nas primeiras 24 horas de uso ou 110 km/h nas primeiras 72 horas.

A fim de avaliar a eficiência contra riscos, simulamos uma baliza encostando de leve uma das rodas do Mini numa calçada de cerca de 20 cm de altura e vimos que o produto protegeu bem. Resolvemos ir além: forçamos mais a roda contra a guia e a fita se deformou, mas não descolou do aro.

Ao final do teste, tiramos o protetor e notamos uma faixa arranhada, que foi muito menor se comparada à mesma manobra sem o protetor. “Mas a fita poderia ser mais larga, para uma cobertura de proteção mais satisfatória”, avaliou Osmar.

Continua após a publicidade

Vendido a R$ 159,90, ele custa quase o reparo de uma só roda riscada, que sai em média por R$ 145.

Avaliação – WHEEL RIM PROTECTORS RIMBLADES

Divulgação/Internet

Cumpre o que promete?: Sim

Nota: 7,5

Comentário: O produto é fácil de instalar e evita  pequenos arranhões nos aros de liga leve. Poderia ser mais largo.

Continua após a publicidade

Preço médio: R$ 159,90

Compra: rimbladesbrasil.com.br

Publicidade