Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Ecopotenza

Ele promete reduzir o consumo de combustível em até 30%. Será?

Por Rodolfo Parisi Atualizado em 22 abr 2021, 17h22 - Publicado em 23 jun 2014, 22h24

teste-de-produtos teste-de-produtos

Entre os pedidos de teste que recebemos todos os meses dos leitores, um deles tem se destacado nos últimos meses: o Ecopotenza, um economizador de combustível que parecia diferente do que há no mercado. Produto 100% nacional, ele foi desenvolvido durante dez anos pelo inventor Jan Adônis, que deu início a sua comercialização em 2009. O encanto do produto está na incrível promessa de redução de consumo: até 30%, dependendo do modelo do automóvel.

“O conceito do Ecopotenza não é tão complicado. Ele capta o ar, resfria-o e manda uma espécie de turbilhonamento desse ar para o motor, sem deixar que ele retorne para o exterior. Isso provoca uma queima total do combustível, que se traduz em uma resposta imediata e mais economia”, explica Jan Adônis. “Antes o motorista precisava pisar fundo no acelerador para atingir uma determinada velocidade. Com o equipamento, basta acelerar só um quarto para atingir a mesma velocidade.”

Para tirar a dúvida, lá fomos nós para a pista de Limeira (SP) submeter o Ecopotenza a um teste de consumo igual ao aplicado nos lançamentos que passam pelas páginas da QUATRO RODAS. O veículo escolhido para a missão foi um Hyundai Tucson, que, segundo o fabricante do equipamento, tem um histórico de excelentes resultados nos carros de clientes que adquiriram o produto. Mas seu preço é alto: R$ 1 200 no caso da unidade avaliada no Tucson – valor que, para automóveis com motor 1.0, pode ficar em R$ 900.

Primeiro, fizemos as medições para calcular o consumo do SUV coreano ainda sem o equipamento: o resultado foi de 8,8 km/l no ciclo urbano e 10,5 km/l no rodoviário. Após 15 minutos de instalação, feita pelo próprio Adônis, realizamos uma nova bateria de medições. Os números, já com o Ecopotenza em funcionamento, foram de 8,6 km/l na cidade e 10,2 km/l na estrada. Na prática, não houve alteração relevante.

Questionado sobre a razão de o dispositivo não ter apresentado nenhum resultado, o fabricante alegou que o aparelho pode ter sofrido algum dano durante a viagem até Limeira, mesmo ele tendo sido transportado pelo próprio Adônis.

Continua após a publicidade

CUMPRE O QUE PROMETE? – NÃO

Apesar de prometer redução de consumo de combustível de até 30%, em nosso teste o Ecopotenza não apresentou nenhuma melhoria significativa.

ONDE ENCONTRAR

ecopotenza.com.br

PEDE QUE A GENTE TESTA

Você gostaria que testássemos algum produto ou equipamento? Então escreva para 4rodas.abril@abril.com.br

Continua após a publicidade

Publicidade