Dicas essenciais para não ter dor de cabeça com a sua seguradora

O consumidor deve checar reparos feitos pela oficina que a companhia indicou. E sempre há a opção de não aceitar o estabelecimento sugerido

A oficina quem escolhe é o segurado, não a seguradora

A oficina quem escolhe é o segurado, não a seguradora (Divulgação/Internet)

Ter seguro é um alívio na hora daquela batidinha inesperada no trânsito. Mas, no conserto, vem outra dor de cabeça. Mesmo que a oficina seja credenciada pela seguradora, é preciso ter atenção, pois não são raros os relatos de problemas no serviço.

Para você entrar precavido nessas oficinas, reunimos dicas de Amos Lee, CEO da Universidade Automotiva (UniAuto), e de Fábio Frasson, superintendente dos Centros Automotivos Porto Seguro.

Contrato 

Leia com cuidado o contrato com a seguradora e peça antes a relação de oficinas credenciadas. Algumas apólices permitem a indicação de estabelecimentos por parte do cliente, mas o mais importante é que o documento possibilite que o consumidor escolha – mesmo dentre as homologadas pela empresa – a mecânica de sua preferência.

Mas, por lei, o segurado pode escolher qualquer oficina de sua preferência, desde que não ultrapasse o valor segurado.

Serviço

Reparos de carroceria geralmente demandam alguns dias. Por isso, peça logo o prazo para o serviço ficar pronto e fique em cima da oficina para saber se o reparo já foi iniciado e se as peças já chegaram. Se o conserto demora mais do que o prometido, reclame com a seguradora e com o estabelecimento.

“Antes de sair com o veículo, é preciso checar se não há diferença de cor entre a peça reposta e reparada e o restante da carroceria, se não ficou qualquer peça deslocada. O cliente não deve aceitar o carro se algo não ficou do seu agrado”, diz Amos Lee.

Em caso de problema, chame o perito credenciado junto à seguradora, aponte as falhas e solicite o conserto correto. “Após o serviço, o cliente tem o direito de saber o que foi feito no veículo, pedindo explicações ao mecânico ou ao chefe de oficina”, explica Fábio Frasson.

Peças 

Por lei, as oficinas devem apresentar todos os itens que foram trocados e serão descartados. “Se as peças não forem apresentadas, o cliente deve solicitá-las a fim de ter certeza em relação aos serviços realizados. Contudo, elas devem ter destinação correta, ou seja, o cliente deve deixá-las na oficina para que o seu recolhimento seja executado por empresas especializadas”, ressalta Fábio.

No caso do Seguro Auto Popular, atenção redobrada. Isso porque esse tipo de cobertura prevê o uso de peças seminovas recondicionadas ou as genéricas. Se optar pelas genéricas, que são novas, solicite a apresentação das embalagens.

Oficinas próprias

Muitas seguradoras dispõem de centros próprios para determinados consertos dos carros dos seus clientes. São boas opções, já que as equipes são treinadas dentro dos padrões da companhia. Mas saiba que os critérios para credenciamento de oficinas comuns costumam ser rígidos.

“As empresas que prestam serviço para as seguradoras normalmente são credenciadas pelo Cesvi [Centro de Experimentação e Segurança Viária] e o nível de exigência é muito alto. As oficinas têm que estar juridicamente bem constituídas e precisam ter condições técnicas para concluir os serviços necessários nos automóvel”, garante Amos Lee.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s