Clique e assine com até 75% de desconto

Correia ou corrente? Quais as vantagens de cada uma?

Uma é feita de nylon e borracha. A outra, de aço

Por Redação Atualizado em 5 out 2018, 09h31 - Publicado em 16 fev 2016, 17h32

Corrente

Por que muitos carros usam a corrente no lugar da tradicional correia do motor? – Norberto Walter Reinig, São José dos Campos (SP)

Depende muito do projeto do motor e do objetivo do fabricante para o mercado que esse automóvel vai disputar.

De acordo com Pedro Scopino, consultor técnico do Sindirepa-SP (Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado de São Paulo), a corrente metálica oferece vantagens técnicas por dar menos manutenção: não possui prazo previsto para a troca e raramente apresenta defeitos (em geral, só quando há falhas na manutenção de óleo e filtros).

Correia

Isso torna o custo de manutenção menor na comparação com a correia de borracha, que exige uma troca programada, em média, a cada 50 000 km.

  • Entre os pontos negativos da corrente metálica, está o elevado preço da peça, que custa quase três vezes mais que a correia de borracha.

    Continua após a publicidade
    Publicidade