Autodefesa: donos do UP! TSI relatam defeitos no motor

Defeitos relatados no motor já foram tratados pela fábrica em boletins enviados às concessionárias

Rogério: depois do conserto, o carro nunca mais ficou igual (Alexandre Battibugli/Quatro Rodas)

O problema com o motor do Up! TSI é conhecido desde o lançamento do carro, no segundo semestre de 2015. Basta uma rápida pesquisa na internet com os termos “ Up! TSI motor batendo”  para  encontrar vários vídeos e postagens em fóruns sobre o assunto.

Quem conhece esse dilema é o advogado Rogério Lemos Passos Martes, de São Paulo (SP), dono de um Up! TSI 2015. “A luz da injeção acendeu e o motor começou a falhar.

A concessionária ficou mais de 20 dias com o carro e, quando entregou, o defeito se repetiu e fiquei mais 30 dias sem o veículo. Me devolveram, mas agora sinto que o motor está fraco e gastando mais”, diz Rogério.

Outro que teve o mesmo problema foi o empresário Marcos Pais Barroso Filho, de Belo Horizonte (MG), proprietário de um Up! TSI 2016.

“Quatro meses após a compra, começaram os problemas de partida. Além disso, surgiram vazamentos de óleo perto da turbina. Na primeira vez, trocaram só o anel de vedação. Cinco meses depois, o carro apresentou os mesmos defeitos. A oficina trocou a turbina, mas três dias depois as falhas voltaram, agora com um barulho anormal na partida. A autorizada disse que estava tudo certo, mas o motor continuou falhando”, lembra Marcos.

No total, ele diz que ficou quase dois meses sem o carro, nas oito visitas à oficina.

A VW já emitiu três boletins sobre as falhas do Up! para sua rede. O primeiro, de novembro de 2016, relata ruídos na bomba de combustível. O segundo (dezembro de 2016) fala de problemas no turbocompressor e o terceiro (26 de dezembro de 2016) indica reparos na injeção eletrônica.

Consultada, a Volkswagen diz que identificou em casos pontuais um microvazamento de óleo na turbina, que não afeta o nível de óleo do motor. “Dessa forma, o veículo mantém as suas características originais de segurança, funcionamento e durabilidade.”

Afirma ainda que todos que procuraram a rede autorizada receberam os veículos reparados.

MAIS RECLAMAÇÕES

Encontrei mais 20 proprietários relatando vazamentos na turbina. Segundo um mecânico que me atendeu na concessionária, trata-se de um problema de fábrica, que ocorre mesmo depois de substituir a peça.” Thiago Rios Uliana, marinheiro, Santos (SP), dono de um Up! TSI 2016

“Nos oito meses em que eu fiquei com o Up!, levei o carro à concessionária oito vezes e fiquei mais de dois meses sem o veículo. Trocaram a turbina duas vezes e o defeito continuou.” Marcos Pais Barroso Filho, empresário,  Belo Horizonte (MG), dono de um Up! TSI 2015

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Eduardo Henrique

    Tenho um Move up! TSI 16/17 com pouco mais de um ano de uso e mais de 26.500 km rodados e não tive nenhum dos problemas apontados na reportagem.
    Nunca tive dificuldade em ligar o veículo, a turbina não apresenta vazamentos e tão pouco o motor estragou… Acredito que no caso do motor são bem isolados, nos outros problemas apontados já ouvi alguns relatos no forum.vwupclube.com e nos grupos de facebook e whatsapp, mas sem grandes proporções, ainda mais tendo em vista a quantidade de unidades vendidas.

  2. Geraldo Almeida

    Apesar de que tenha lido em alguns sites que alguns proprietários do UP! vem reclamando de perda de desempenho repentina em seus veículos, mas a maior parte das reclamações parecem vir de origem eletro-eletrônica.

  3. Joaquim Grillo

    TSI T.amo S.empre I.nganados para cobrar mais

  4. Ricardo Diniz

    Queria que esse TSi desse certo…seria uma boa alternativa em relação à Toyota e Honda…

  5. Edilson Silva

    O problema é que os consumidores de hoje só compra carro pela marca,mesmo quando algumas delas fazem porcaria. Up! , Etios carros feios, fraco de acabamento ,ainda usa cabo de embreagem ( ETIOS) ).Esquecem de analisar carro por carro independente de qualquer marca.

  6. Silvio Toledo

    pessoal nada contra da turma que gosta de 1,0 turbo , más esse motorzinho é no máximo para acompanhar 1,6 no dia dia , não vão pensando que ele vai acompanhar 1,8 e 2,0 que não vai não , já tive oportunidade de conversar com uma pessoa que teve up tsi e falou do vazamento e perda de potencia , depois dos 30,000 km começaram os problemas , ele trocou o carro ..

  7. Silvio Toledo

    ótima solução das montadoras , diminui o tamanho do motor e ganha força , más vão ter que melhorar e muito , pois os problemas estão aparecendo , só espero que não se torne uma coisa normal , como dizem alguns revendedores e culpando o mal uso do dono do veiculo ..

  8. marcello22002

    O carro 1.0 normal já sofre com a pressão de entregar 74, 75 CV, imaginem um motor 1.0 turbo. É muita pressão para pouco espaço. A tecnologia vem evoluindo mas não faz milagres. Um motor desses vai abrir o bico com pouco tempo. Acho que nem chegam aos 100 mil km antes de se arrebentarem todo.

  9. CanoziRodrigo

    nunca andou em um…

  10. CanoziRodrigo

    Meu Uptsi tem 50.000 km rodados nada de problema,ja tem Uptsi com 300.000 rodados e 0 problema,quem fala mal não conhece o motor e sua tecnologia empregada