Renault Captur 1.6 SCe com câmbio CVT chega por R$ 84.900

Caixa continuamente variável é a mesma do Kicks; versão Intense custa R$ 88.400

SUV com câmbio CVT tem duas versões de acabamento (Rodolfo Buhrer / divulgação/Quatro Rodas)

Quatro meses após seu lançamento, a Renault passa a oferecer o Captur 1.6 com câmbio CVT. A caixa continuamente variável será disponibilizada em duas versões de acabamento: Zen (R$ 84.900, ou R$ 6 mil a mais do que o valor pedido pela Zen 1.6 MT) e Intense (R$ 88.400).

A versão topo de linha Intense com motor 2.0 (R$ 91.900) continua equipada com a transmissão automática de quatro velocidades – por enquanto, não há previsão de que ela receba um câmbio mais moderno.

Bastante compacta, a transmissão é a mesma do Nissan Kicks, mas traz a opção de realizar trocas sequenciais por toques na alavanca – função indisponível no modelo da Nissan. O motor é o 1.6 16V SCe de 120/118 cv e 16,2 mkgf de torque máximo adotado nas versões com câmbio manual de cinco marchas.

Motor 1.6 SCe entrega até 120 cv com etanol (Rodolfo Buhrer / divulgação)

O Captur Zen sai de fábrica com quatro airbags, controles de estabilidade (ESP) e de tração, chave tipo cartão, botão de partida do motor, assistente de partida em rampas, ar-condicionado, direção elétrica, sensor de estacionamento traseiro, coluna de direção com regulagem de altura, Isofix, piloto automático, rodas de liga leve aro 17, banco do motorista com regulagem de altura e comandos de som e telefone atrás do volante. Central multimídia Media NAV, câmera de ré e a pintura em dois tons são os opcionais.

A versão Intense acrescenta rodas de liga leve aro 17 com acabamento diamantado, ar-condicionado digital, central multimídia Media NAV com câmera de ré, faróis de neblina com função cornering light e sensor de chuva. Bancos revestidos em couro e pintura em dois tons são opcionais.

QUATRO RODAS também apurou com concessionárias a informação de que as versões do Duster com o mesmo motor 1.6 SCe devem ganhar a mesma opção de câmbio CVT no próximo mês.

Veja abaixo os preços da linha Captur, já com as versões CVT:

Captur 1.6 Zen MT: R$ 78.900
Captur 1.6 Zen CVT: R$ 84.900
Captur 1.6 Intense CVT: R$ 88.400
Captur 2.0 Intense AT: R$ 91.900

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Waishington Luis Oliveira Junior

    Demorô em dona Renault,agora sim vale a pena comprar um Captur. Pelo menos o câmbio melhorou.

  2. Felippe M Moura

    O problema da Renault é sempre sair atrasada com boas coisas como o cambio CVT (decente e economico) aí paga mico perante o consumidor e as outras marcas e outra têm que abaixar o valor do veículo pois há uma gama de carros acima de 50.000 reais

  3. paulo fernando Medeiros

    porquê fazem carros tão feios nesses tempos?

  4. EDUARDO MARTINS DOS REIS

    Dizem que a beleza tem a espessura da pele, mas a feiura vai até os ossos. É o caso do Captur com chassi Dacia.