Ford Mustang e picape F-150 terão versões híbridas até 2020

Esportivo e picape terão versões híbridas com motores Ecoboost em 2020

A Ford pretende lançar 13 novos veículos híbridos e elétricos nos próximos cinco anos. Esta notícia não seria tão surpreendente não fosse por um detalhe: entram na conta versões híbridas do Mustang e da picape F-150. Os dois têm lançamento previsto para 2020.

No caso do Mustang, que já havia quebrado paradigmas há dois anos com sua versão 2.3 turbo de quatro cilindros (por sinal, até elogiada pela impresa americana), a promessa é que a versão híbrida seja tão potente quanto a GT, com motor V8 5.0 (hoje na casa dos 435 cavalos), mas entregando mais torque em baixa graças ao motor elétrico.

Superesportivos com motores elétricos como o Porsche 918, LaFerrari e McLaren P1 já existem, mas apesar de elogiados, são inacessíveis até mesmo para os ricos do hemisfério norte. Já um Mustang assim equipado poderia ajudar a popularizar os benefícios da tecnologia híbrida a serviço do desempenho.

O motor a gasolina desta versão seria o V6 2.7 Ecoboost, que entrega 330 cv na F-150, ou então o próprio 2.3 de quatro cilindros que rende 310 cv na versão de entrada do Mustang.

O conjunto mecânico será compartilhado entre a picape e o esportivo, a exemplo do que já ocorre com uma série de componentes. Ambos terão tração traseira e o novo câmbio automático de dez velocidades desenvolvido atualmente em parceria com ninguém menos que a Chevrolet.

Na comparação com as configurações V8 atuais, o futuro Mustang híbrido deverá ter o aumento de torque em baixas rotações balanceado por um possível aumento de peso gerado pelo motor elétrico e as baterias – a menos que o carro seja submetido a um severo regime, como o que ocorreu com a mais recente F-150, feita em boa parte de alumínio.

Ford F-150

Grandalhona, a Ford F-150 é o veículo mais vendido dos Estados Unidos há anos (Divulgação)

Para a F-150 híbrida a fabricante promete grande capacidade de carga e a possibilidade do carro funcionar como um gerador de energia para acionar equipamentos e acessórios em locais sem eletricidade. 

Outros modelos já anunciados pela Ford são a Transit Custom Plug-in Hybrid, destinada à Europa, um híbrido autônomo para uso por aplicativos de carona na América do Norte, um SUV compacto elétrico com autonomia de 480 km para o mercado global e ainda dois veículos de perseguição para a polícia norte-americana.

A novidade para a Ford Transit Connect será uma versão híbrida que pode ser recarregada em tomada, prevista para 2019

A novidade para a Ford Transit Connect será uma versão híbrida que pode ser recarregada em tomada, prevista para 2019

A fábrica de Flat Rock, no Michigan, que hoje é responsável pela fabricação de Mustang e Lincoln Continental, receberá investimento de 700 milhões de dólares para a produção destes veículos. No total, 4,5 bilhões de dólares serão investidos no desenvolvimento 13 veículos.

Contudo, enquanto a próxima geração do Focus será fabricada na planta de Hermosillo, no México, os planos de construção da nova fábrica em San Luis Potosí foram cancelados. O motivo seria as ameaças de Donald Trump, futuro presidente dos EUA, às fabricantes que transferirem postos de trabalho para o México.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s