Clique e assine por apenas 8,90/mês

Vídeo: testamos os óculos da Citroën que podem acabar com enjoos

Chamados Seetroën, eles querem acabar com o mal-estar dos passageiros, mas são caros

Por Gabriel Aguiar - Atualizado em 30 ago 2018, 19h17 - Publicado em 30 ago 2018, 18h28
Seetroën
Novidade já está à venda na Europa pelo equivalente a R$ 435, sem incluir impostos Christian Castanho/Quatro Rodas

Os inusitados óculos Seetroën são a solução para o mal-estar de viajantes que não se dão bem com o movimento de carro, barco, trem ou nave espacial. E o melhor: tudo sem recorrer a remédios. É o que garante a invenção da Citroën, cujo nome faz um trocadilho com a palavra “see” – enxergar.

Com o produto em mãos, é até difícil acreditar que ele faça o que promete, ainda que o fabricante afirme que a eficiência nos testes foi de 95%. 

Segundo a marca, o líquido azul nas argolas simula a linha do horizonte e reajusta os sentidos para acabar com os enjoos. Em teoria, o nível da água azulada serve de referência espacial para o cérebro – e isso garantiria o fim da náusea. E sem Dramin.

Seetroën
Material emborrachado é maleável, dispensa dobradiças e resiste a quedas, só que suja com facilidade Christian Castanho/Quatro Rodas

Mas… funcionou? Submetemos ao teste três pessoas em dois veículos diferentes, de dia e de noite. As três tiveram que ler um livro e usar o celular com o carro em movimento.

Não deu certo: os Seetroën não evitaram o mal-estar – mesmo respeitando à sugestão de uso por até 12 minutos.

Toda a estrutura é coberta com material emborrachado e se adapta bem ao rosto. Não usa pilhas, nem circuitos eletrônicos. Mas só está disponível na cor branca, em um tipo de acabamento que suja com facilidade.

Na Europa, o acessório custa 99 euros na loja virtual da Citroën. Ou cerca de R$ 435 em conversão direta, sem contar impostos.

Assista ao teste feito pela QUATRO RODAS:

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=FHoxMxxOeE4&]

Continua após a publicidade
Publicidade