Clique e assine por apenas 8,90/mês

Panamera Sport Turismo: a perua futurística da Porsche

Como anda o carro-conceito que sinaliza o novo Panamera e que pode dar origem ao sexto modelo da Porsche

Por Joaquim Oliveira / Press-Inform - Atualizado em 23 nov 2016, 21h01 - Publicado em 9 Maio 2016, 20h14
Porsche Panamera Sport Turismo
Spoiler traseiro ajusta-se para melhorar a aerodinâmica

* Reportagem originalmente publicada em fevereiro de 2013. Novos protótipos foram fotografados recentemente rodando na Europa, o que pode indicar que o modelo de produção está próximo de ser lançado.

O diretor técnico da Porsche, Wolfgang Hatz, não deixa dúvidas: “O Sport Turismo não substituirá o Panamera, no melhor dos casos, vai completá-lo”. Ainda não é certeza que esta shooting brake (perua esportiva com estilo cupê) será produzida em série, mas já se sabe que ela aponta a direção visual do próximo Panamera, que já sofre uma mudança neste ano. “Queremos avaliar a reação de potenciais clientes de peruas de luxo mais estilizadas em mercados de grande volume e que geralmente não têm grande aceitação, como os EUA e a China”, diz Hatz.

As extremidades da carroceria são curtas e a tampa do porta-malas tem estilo esportivo, porém funcional. Com quase 2 metros de largura (6 cm mais que o carro de série), os mesmos 2,92 metros de entre-eixos e quase 5 de comprimento, ele reforça  sua capacidade de se agarrar ao asfalto, com seu 1,40 metro de altura (2 cm menos que o atual). Os piscas e as luzes de presença foram integrados às enormes entradas de ar frontais, numa unidade de iluminação em forma de C. Em conjunto com os faróis de led, eles marcam a imagem dianteira deste protótipo. As linhas externas lisas não são maculadas por qualquer elemento – não há espelhos retrovisores. No lugar, existem duas câmaras nas saídas de ar laterais.

Porsche Panamera Sport Turismo
Protótipo quer testar o gosto do público por uma perua esportiva

A parte traseira foi completamente remodelada, mas sem perder as características de um Porsche. As lanternas de leds e a faixa traseira com o logotipo da marca são esculpidas em formato tridimensional e a luz de freio está entre as lanternas. Arrematando o teto, há um spoiler traseiro adaptativo de fibra de carbono, encarregado de melhorar a aerodinâmica.

Continua após a publicidade

Olhar sem reflexo

Por ser um carro-conceito, a marca resolveu transformá-lo num híbrido para testar a tecnologia que no futuro pode ser o caminho para os esportivos de alta performace. É por isso que ao sair para o test-drive, notamos que ele funciona com eletricidade em centros urbanos. Quando se olha pela janela, logo surge um estranhamento: falta o retrovisor externo. Para acompanhar o trânsito atrás, checamos as duas telas à esquerda e à direita do monitor redondo, que fica no quadro de instrumentos, reforçando a impressão futurista causada pelo cockpit. 

Porsche Panamera Sport Turismo
Sem mudança de entre-eixos, o espaço interno quase não mudou

Porsche Panamera Sport Turismo
Luxo e conforto de primeira classe para quatro pessoas

No lugar da instrumentação convencional, o motorista dispõe de um grande monitor colorido, no qual consulta toda a informação que vai do conta-giros ao GPS. Além das telas das câmeras retrovisoras, há outras duas, redondas, que mostram o modo de uso do sistema híbrido. Todas as indicações para ajudar na pilotagem e seus respectivos controles são operadas por função multitoque, como climatização automática, ajuste dos bancos, luzes, câmera de ré e as funções do Porsche Communication Management (PCM), que ajusta motor, suspensão, direção e câmbio ao perfil do motorista.

Porsche Panamera Sport Turismo
O quadro de instrumentos é todo digital

O modo de operação programado e-Hybrid dá prioridade à condução puramente elétrica, embora seja possível desativá-lo por um botão no volante. Por isso há também a opção e-Charge, que usa o motor a combustão para carregar a bateria. Portanto, você pode completar a carga quando estiver na estrada para depois rodar apenas com eletricidade quando chegar à cidade e, assim, reduzir o nível de emissões na condição mais crítica.Em todo Porsche a chave é colocada à esquerda do volante e este protótipo não quebra a tradição, só que o sistema de propulsão é ligado ao pressionar o centro da tela principal. Em vez de um console do tipo cockpit de avião, existe agora um tablet no túnel central, onde os comandos são dados pelos movimentos dos dedos em vez de botões e teclas.

Continua após a publicidade

Porsche Panamera Sport Turismo
Alavancas de luzes e cruise control são dos poucos comandos que não sumiram

Porsche Panamera Sport Turismo
Tablet concentra os comandos do carro

Grupamento de cavalaria 

Já que o Panamera Sport Turismo tem a missão de ser um laboratório sobre rodas, os engenheiros da marca aplicaram neste híbrido plug-in (sim, ele pode ser ligado na tomada) a potência de dois corações modernos. Com 95 cv, o motor elétrico é duas vezes mais potente que o do Panamera Hybrid  de hoje e as baterias de íons de lítio são mais eficientes que as de níquel usadas no modelo comercial, daí resulta uma autonomia de 30 km na eletricidade, diz a Porsche – o híbrido atual não vai além de 2 km. Tal número só é possível a uma velocidade até 130 km/h, o que já é bem acima dos 85 km/h do Panamera. No entanto, o brilho deste esportivo está mesmo na combinação entre o motor elétrico e o tradicional V6 3.0 a gasolina com compressor de 333 cv, totalizando 416 cv de potência.

Porsche Panamera Sport Turismo
Assoalho translúcido: só para chamar a atenção nos salões

Esse grupamento de cavalaria está de prontidão quando pisamos no acelerador. O poderio da tropa reunida é capaz de levar a perua da imobilidade aos 100 km/h em menos de 6 segundos, segundo a Porsche. O balbuciar inicial do motor transforma-se num grave ronco que passa quase sem filtro para o interior, uma vez que não existem silenciadores de escape, não obrigatórios num protótipo. O consumo médio deveria ser de apenas 28,6 km/l, de acordo com os dados oficiais da Porsche. Mas este motor sobrealimentado com compressor já provou não ser a melhor solução no Touareg e no Panamera híbridos. Portanto, esperar algo em torno de 20 km/l no mundo real parece ser mais razoável.

Porsche Panamera Sport Turismo
Enormes pneus 255/45 na frente e 285/40 atrás, aro 19

Porsche Panamera Sport Turismo
Na traseira, a maior ruptura estilística sobre o atual Panamera

VEREDICTO

Continua após a publicidade

Para quem achava que a Porsche já tinha ido longe demais com Cayenne e Panamera, a shooting brake pode parecer até provocação. Uma bela provocação.

Ficha Técnica
Motor a combustão: dianteiro, longitudinal, V6, 24V, compressor, injeção direta; Cilindrada: 2 995 cm3; Potência: 333 cv a 5 500 rpm; Torque: 44,9 mkgf a 5 250 rpm
Motor elétrico: 95 cv
Potência total: 416 cv
Câmbio: automático, 8 marchas, tração traseira
Dimensões: largura, 199 cm; comprimento, 495 cm; altura, 140 cm; entre-eixos, 292 cm
Peso: n/d
Volumes: porta-malas, n/d; tanque de combustível, 80 litros
Suspensão: Dianteira: independente, triângulos sobrepostos com 5 pontos de fixação; Traseira: multilink
Freios: discos ventilados
Direção: pinhão e cremalheira com assistência elétrica
Pneus: 255/45 R19 na frente e 285/40 R19 atrás
Desempenho: 0 a 100 km/h abaixo de 6 s; velocidade máx. 290 km/h (estimada)
Publicidade