Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Os segredos do Citroën C3 Aircross 2024 para ser grande e barato

SUV com metro quadrado mais barato do Brasil não abre mão do motor 1.0 turbo em nenhuma versão, mas é fácil entender como custa a partir dos R$ 109.990

Por Henrique Rodriguez Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 27 dez 2023, 11h35 - Publicado em 1 dez 2023, 10h00

Você já deve ter visto que o Citroën C3 Aircross tem preços entre R$ 109.990 e R$ 129.990, e dimensões de SUVs médios. É um carro enorme na faixa de preço do Fiat Pulse equipado com o mesmo motor 1.0 turbo. Mas agora é chegado o momento de conferir seus segredos para esse posicionamento de preço e como ele anda.

Com 4,32 m de comprimento, sendo 2,67 m de entre-eixos, e 1,72 m de largura, o novo SUV da Citroën tem o metro quadrado mais barato entre os SUVs vendidos no Brasil. Mas, tratando em termos imobiliários, é como um apartamento popular com três quartos. E tão raro quanto. 

Citroën C3 Aircross7 Shine 2024
(Divulgação/Citroën)

Mas a “planta” não é daquelas que representam um puxadinho. Do C3 hatch, ficaram as portas dianteiras, para-brisa, faróis e capô. As bitolas mais largas levaram a para-lamas mais largos, que por sua vez levou a um novo para-choque dianteiro com menos plástico preto fosco na base. Isso já ajuda a melhorar a impressão de porte.

O aumento do carro começa na seção traseira. O entre-eixos 11,5 cm maior que o de um C3 implica em portas traseiras muito maiores, que serão providenciais para acessar a terceira fila de bancos, assim como o teto mais reto. A traseira mais quadrada tem balanço traseiro cerca de 20 cm mais longo. Eis o segredo para o grande espaço interno.

Divulgação
(Divulgação/Citroën)

Nosso primeiro contato é com aquela que será a versão topo de linha, o C3 Aircross Shine com sete lugares, que estreia apenas no primeiro trimestre de 2024. É quando a terceira fila de assentos estará disponível para todas as versões, elevando o preço de cada uma em cerca de R$ 8.000.

Continua após a publicidade
Novo Citroën C3 Aircross
Espaço traseiro da versão de cinco lugares: na de sete, a segunda fila fica mais para a frente (Divulgação/Citroën)

Para ter ideia, o assoalho da versão de sete lugares é diferente. É mais alto e, ao mesmo tempo que desloca o banco da segunda fileira cerca de 3 cm para a frente, obriga o estepe a ficar pelo lado de fora. No cinco lugares o estepe fica dentro e os assentos traseiros ficam rentes às caixas de roda. Mesmo com essa mudança, a Citroën conseguiu que todos os carros tivessem 493 litros de porta-malas: para o sete lugares, basta retirar os dois bancos extras.

Citroën C3 Aircross7 Shine 2024
Repare no prolongador da trava do encosto da segunda fila (Divulgação/Citroën)

Parece, mas não é difícil. Basta reclinar os pequenos assentos e puxar uma fita: eles saem com facilidade e pesam cerca de 8 kg, não exigem um grande esforço. Mas são bancos simples e molengos, pois todas as travas (de assento e encosto) estão no carro.

Citroën C3 Aircross7 Shine 2024
Cada banco pesa cerca de 8 kg, pois as travas estão todas no carro (Divulgação/Citroën)
Citroën C3 Aircross7 Shine 2024
Portas USB ficam em uma posição suscetível a esbarrões (Divulgação/Citroën)

O espaço lá no fundão é ruim para qualquer adulto, que só vai suportar pequenos trajetos. Porque o assento é baixo, pois o espaço para a cabeça é limitado, e não há como colocar os pés por baixo do banco da frente. Na falta de Isofix para cadeirinhas ali, dá para dizer que é um assento para adolescentes.

Pelo menos lembraram de colocar duas portas USB a mais (em posição ruim, muito recuada), além dos porta-copos e da ventilação forçada no teto. Esse sistema de blower, que também existe na Mitsubishi L200, capta o ar mais fresco sobre os bancos dianteiros e joga para trás e promete reduzir a temperatura no fundão em até 4,5°C. Mas para ser efetivo precisa estar na velocidade mais alta, aumentando o ruído bem no ouvido do motorista.

Citroën C3 Aircross7 Shine 2024
(Divulgação/Citroën)

Onde estão as economias?

O C3 Aircross Shine tem equipamentos exclusivos que não vão além do essencial para um SUV compacto, como faróis de neblina, bancos e volante forrados de vinil, rodas aro 17 e pneus 215/60, câmera de ré e piloto automático com limitador de velocidade.

Continua após a publicidade
Citroën C3 Aircross7 Shine 2024
Cabine do Aircross tem decoração diferente do C3, mas painel é o mesmo (Divulgação/Citroën)

 

Aos poucos você acaba percebendo tudo que mesmo o Shine não tem. É o caso do ajuste de profundidade da direção, chave canivete (continua com chave simples), airbags de cortina e frenagem de emergência ou qualquer outro sistema de segurança mais avançado, como monitor de pontos cegos ou alerta de saída de faixa.

Compartilhe essa matéria via:

Na prática, muda muito pouco a oferta de equipamentos na comparação com o C3. As diferenças principais são os airbags laterais e o quadro de instrumentos digital com tela colorida de 7 polegadas, mas só nas versões Feel Pack e Shine. O C3 Aircross Feel, o mais barato, tem só airbags frontais, o quadro de instrumentos de cristal líquido sem conta-giros e não tem espelhos elétricos ou sensores de ré.

Novo Citroën C3 Aircross
Quadro de instrumentos digital está presente a partir da versão Feel Pack (Divulgação/Citroën)

Por dentro a percepção é a de estar em um C3. Tem a forração cinza nos bancos, a faixa horizontal dourada e com outra textura e o volante com botões do piloto automático. Os bancos dianteiros são diferentes, com melhor apoio lateral e tão mais altos que o ajuste de altura perde sua função. Mas não vai além disso. Nenhuma porta tem um lugar macio para apoiar o braço, por exemplo.

Os vidros elétricos traseiros, inclusive, continuam no console central em uma posição ruim para quem está na frente e ainda pior para quem vai atrás, pois o amplo espaço traseiro acaba afastando os passageiros de trás do seu direito de abrir os vidros. 

Novo Citroën C3 Aircross
(Divulgação/Citroën)

Acho que ninguém esperava ver soluções e acabamento dos Xsara Picasso e Grand C4 Picasso no C3 Aircross. O quadro de instrumentos digital está até no lugar certo. O objetivo é entender como conseguiram colocar um carro com projeto mais moderno na faixa de preço do Chevrolet Spin.

Continua após a publicidade

Motor é novo na Citroën

Usar um motor antigo é um dos métodos mais comuns de baratear um carro, mas pelo menos a Citroën abriu mão disso. No Brasil, todos os C3 Aircross terão o motor 1.0 GSE Turbo com injeção direta flex, que gera 130 cv e 20,4 kgfm, e sempre está equipado com câmbio CVT com simulação de sete marchas. Um grande acerto.

motor
(Divulgação/Citroën)

O que um carro não tem também não pesa. O Aircross tem pouco mais de 1.200 kg, cerca de 150 kg a mais que um C3, e isso ajuda bastante no seu desempenho. Acelera sem dificuldade e o torque disponível cedo será importante quando carro estiver carregado. Outra boa notícia é que um leve tranco que o Peugeot 208 Turbo faz no anda-e-para foi eliminado neste primeiro Citroën com a mecânica 1.0 turbo.

A fabricante francesa declara um 0 a 100 km/h em 9,7 s com álcool e 9,9 s com gasolina.

A suspensão, com molas e amortecedores exclusivos, e um eixo de torção traseiro mais rígido, também ficou bem acertada. As bitolas alargadas em cerca de 3 cm, combinadas ao entre-eixos maior, deixam o C3 Aircross muito mais estável que um C3. Além disso, a movimentação da suspensão traseira é mais contida, não afunda tanto como em outros Citroën.

SUV Citroën C3 Aircross (17)
(Divulgação/Citroën)

Isso não quer dizer que o Aircross seja duro. Mesmo em estradas de terra esburacadas o carro é capaz de filtrar muito bem tudo que os pneus e rodas sentem.

Continua após a publicidade

Mas duas coisas deixam a desejar em velocidades mais altas. A primeira é o peso artificial da direção elétrica, que deixa uma manobra de ultrapassagem, por exemplo, um tanto quadrada nas reações. Outra coisa é o ruído interno de pneus e de vento conforme a velocidade aumenta. Também devem ter economizado no isolamento interno.

Uma escolha pragmática

O Citroën C3 Aircross tem dois argumentos irrefutáveis. Ele é muito mais espaçoso que qualquer outro carro do segmento quando com cinco lugares e é o único SUV compacto com sete lugares. O consumidor que precisa de sete lugares realmente é carente de opções entre os R$ 121.000 do Chevrolet Spin LT7 e o Caoa Chery Tiggo 8, de R$ 190.000.

Citroën C3 Aircross7 Shine 2024
(Divulgação/Citroën)

Quem realmente precisa de espaço talvez não se importe com a falta de um acabamento melhor ou de alguns equipamentos que encontraria em SUVs de mesmo preço. Além do mais, é mais possível instalar algum item como acessório do que procurar uma empresa que faz limusines para aumentar um entre-eixos.

O que a Citroën fez foi quase inventar um próprio nicho. Quase, porque o primeiro SUV compacto com tanto espaço e porta-malas foi o Renault Duster. Mas este teve 12 anos para ter uma versão de sete lugares e perdeu a oportunidade – assim como perdeu o interesse do consumidor. Resta saber se o tamanho desse nicho é suficiente para fazer do C3 Aircross um sucesso.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.