Clique e assine por apenas 5,90/mês

Kia Grand Carnival x Chrysler Town Country: a briga por 7 lugares

Kia Grand Carnival mede forças com a veterana Chrysler Town & Country, referência entre as minivans de sete lugares

Por Paulo Campo Grande - Atualizado em 22 Maio 2017, 16h02 - Publicado em 23 mar 2016, 17h45
Minivans: mesmo conceito, mas estilos bem diferentes
Minivans: mesmo conceito, mas estilos bem diferentes Marco de Bari/Quatro Rodas

Todo modelo mais recente tem obrigação de superar os rivais há mais tempo no mercado. A razão para isso é óbvia: o projeto que chega depois pode se valer dos acertos e dos erros dos antecessores. A minivan Kia Grand Carnival ilustra bem essa situação, diante da Chrysler Town & Country, veterana que é a referência do segmento.

A vantagem mais evidente  está no design. A Carnival tem estilo mais atual, com dianteira baixa e faróis menores. De lado, a área envidraçada menor fez com que ela perdesse o visual de pão de fôrma típico das minivans. No que diz respeito à construção, a Kia também é superior, com sua suspensão traseira multilink, enquanto a Chrysler ainda usa eixo de torção.

A diferença de idade entre as duas é grande. A Carnival foi lançada em 2015. A Town & Country é de 2008 e deve ser substituída no mercado brasileiro pela recém-lançada Pacifica. Neste comparativo, no entanto, nem sempre a vida da Carnival foi moleza, como você pode acompanhar a seguir.

Kia vem com rodas aro 18, enquanto a Chrysler tem rodas de 17 polegadas
Kia vem com rodas aro 18 e estilo atual, com perfil marcado pelo terceiro vidro lateral menor Marco de Bari/Quatro Rodas
O trilho da porta deslizante se esconde na base do vidro traseiro
O trilho da porta deslizante da Town & Country se esconde na base do vidro traseiro Marco de Bari/Quatro Rodas

Por dentro, há diferenças que podem ser creditadas às idades dos projetos. Um exemplo disso é o design dos painéis. A Town & Country tem linhas verticais, com áreas delimitadas para motorista, console e passageiro. A Carnival adota um perfil horizontal que é a tendência atual.

Existem pontos, porém, em que as diferenças são determinadas pelo DNA das marcas. A Chrysler instalou a alavanca do câmbio no painel, junto ao volante, e liberou espaço entre os bancos dianteiros, onde existe um console deslizante, enquanto a Kia colocou o câmbio na posição tradicional. No acabamento, a Chrysler abusou dos cromados em contraste com o piano black da Kia.

Acabamento em preto brilhante da Kia contrasta com os cromados da Chrysler
Acabamento em preto brilhante da Kia contrasta com os cromados da Chrysler Marco de Bari/Quatro Rodas
Na Town & Country, alavanca de câmbio fica no painel, próximo ao volante, bem ao gosto americano
Na Town & Country, alavanca de câmbio fica no painel, próximo ao volante, bem ao gosto americano Marco de Bari/Quatro Rodas

No que diz respeito ao espaço interno, a Carnival garante vaga para oito pessoas, contra os sete lugares da Town & Country. A diferença acontece porque a van da Kia tem duas filas de três assentos, enquanto a Town & Country conta com dois assentos centrais e três traseiros.

Em compensação, a Town & Country oferece vantagem nas distâncias para ombros e pernas dos ocupantes – e isso ocorre não só pelo fato de ter um posto a menos, mas também porque sua cabine é ligeiramente maior.

Grand Carnival traz teto solar duplo
Grand Carnival traz teto solar duplo Marco de Bari/Quatro Rodas
Três assentos na fileira do meio e revestimento de couro em dois tons
Três assentos na fileira do meio e revestimento de couro em dois tons Marco de Bari/Quatro Rodas
Terceira fileira tem cintos de segurança subabdominais
Assento do meio da terceira fileira do Kia tem cinto de segurança subabdominal Marco de Bari/Quatro Rodas

Até aqui a Kia tem ligeira vantagem na disputa por conta da sua concepção mais moderna. Mas a Chrysler ameaça com seu conteúdo. As duas vêm com faróis de xenônio, seis airbags, central multimídia com GPS, DVD, câmera de ré e abertura elétrica do porta-malas.

Mas quando se compara a lista de itens exclusivos, a Town & Country se mostra mais completa. Apesar de levar menos ocupantes, a vida deles é mais fácil: ela oferece bancos dobráveis e rebatíveis em todas as posições (exceto a do motorista), sendo que na terceira fila a movimentação é elétrica, enquanto a rival conta com rebatimento apenas na terceira fila e sem assistência.

Bancos dianteiros da Town & Country têm ajustes elétricos
Bancos dianteiros da Town & Country têm ajustes elétricos Marco de Bari/Quatro Rodas
Segunda fileira possui assentos individuais
Segunda fileira possui dois assentos individuais Marco de Bari/Quatro Rodas
Couro e cintos de três pontos para todos os ocupantes
Couro e cintos de três pontos para todos os ocupantes na van americana Marco de Bari/Quatro Rodas

Além disso, a Chrysler traz vidros traseiros basculantes, retrovisores com desembaçador, duas telas de DVD na traseira (com leitor de Blue-Ray e fones de ouvido sem fio), sensores de chuva, luz de pressão dos pneus e pedais com ajuste elétrico de altura.

Seus cintos são de três pontos em todas as posições, enquanto os da Carnival são subabdominais na terceira fila. E seu sistema de som conta com nove alto-falantes e um subwoofer, contra quatro alto-falantes de dois tweeteres da rival. Os destaques da Carnival são sistema de detecção de pontos cegos e teto solar.

Na pista de testes, as duas apresentaram rendimento idêntico. Elas aceleram e frearam nos mesmos tempos e espaços. A variação, quando houve, foi mínima. E conquistaram as mesmas médias de 7 km/l e 9 km/l, em consumo urbano e rodoviário, respectivamente.

Continua após a publicidade

A Town & Country tem motor 13 cv a mais, mas isso não resultou em superioridade. Ela tem motor V6 3.6 de 285 cv e a Carnival vem com um V6 3.3 de 270 cv. Ambas contam com câmbio automático de seis marchas.

Na Kia, assento do meio da segunda fileira pode ser rebatido e transformado em console central
Na Kia, assento do meio da segunda fileira pode ser rebatido e transformado em console central Marco de Bari/Quatro Rodas
Town & Country traz duas telas de DVD para os passageiros dos assentos traseiros
Town & Country traz duas telas de DVD para os passageiros dos assentos traseiros Marco de Bari/Quatro Rodas

No dia a dia, a Carnival avança mais algumas casas em relação à rival, apresentando comportamento dinâmico mais equilibrado e ágil. Sua direção é mais leve e sua suspensão, mais firme e eficiente.

Tirando proveito da modernidade de seu projeto, a Kia vence o confronto. Mas não só por isso. Além de ter oito lugares, ela custa menos (R$ 244.900, contra R$ 269.900) e tem garantia de fábrica mais longa (cinco anos contra três).

Avaliação do editor

Motor e Câmbio: O motor da Town & Country é maior e gera mais torque e potência. Mas, na prática, as duas apresentaram o mesmo rendimento.

Dirigibilidade: A Carnival é mais ágil, estável e fácil de manobrar (em ruas e estradas), enquanto a concorrente privilegia o conforto.

Segurança: A Kia oferece detector de pontos cegos. Mas a Chrysler tem sensores de luz, chuva e pressão nos pneus, cintos de três pontos para todos e encostos de cabeça ativos.

Seu bolso: Com preço menor, garantia mais longa e maior rede de assistência, Carnival é a compra mais interessante.

Conteúdo: Entre os itens de conforto exclusivos, a Town & Country traz bancos rebatíveis elétricos na terceira fila e sistema de som e entretenimento, contra apenas o teto solar duplo da rival.

Vida a bordo: As duas tratam bem seus ocupantes. A Chrysler é ligeiramente mais espaçosa. Mas a Kia oferece oito lugares.

Qualidade: Neste aspecto, também há equilíbrio entre as rivais, que contam com materiais selecionados e acabamento bem cuidado.

 

Veredicto QUATRO RODAS

A Town & Country é mais bem equipada. Mas a Carnival leva a melhor porque tem oito lugares visual mais moderno, comportamento dinâmico mais equilibrado e melhor relação custo-benefício.

Teste de pista (com gasolina)

Grand Carnival Town & Country
ACELERAÇÃO
de 0 a 100 km/h 10s 10s
de 0 a 1.000 m 31,1 s – 174 km/h 31,2 s – 175,1 km/h
VELOCIDADE MÁXIMA: n/d n/d
RETOMADAS
de 40 a 80 km/h 4,6 s 5,1 s
de 60 a 100 km/h 5,3 s 5,2 s
de 80 a 120 km/h 8,8 s 6,5 s
FRENAGENS
60 / 80 / 120 km/h a 0 16,4 / 28 / 68,9 m 17,9 / 28,7 / 70 m
CONSUMO
Urbano 7 km/l 6,9 km/l
Rodoviário 9,2 km/l 9,2 km/l
RUÍDO INTERNO
Neutro / RPM máximo 39,8 / 64,7 dBA 42 / 72,2 dBA
80 / 120 km/h 62,3 / 67,5 dBA 62,4 / 68,1 dBA
AFERIÇÃO
Velocímetro real a 100 km/h 97,7 km/h 97,8 km/h
Rotação do diferencial a 100 km/h em 5ª 1.750 rpm 1.500 rpm
Volante 3,4 voltas 2,9 voltas
SEU BOLSO
Preço R$ 244.900 R$ 269.990
Garantia 5 anos 3 anos
Ficha técnica
Grand Carnival Town & Country
Motor gasolina, diant., long., V6., 24V, DOHC, VVT, 3.342 cm³, 92 x 83,8 mm, 10,6:1, 270 cv a 6.400 rpm, 32,4 mkgf a 5.300 rpm gasolina, diant., long., V6., 24V, DOHC, VVT, 3.605 cm³, 96 x 83 mm, 10,2:1, 283 cv a 6.600 rpm, 35 mkgf a 4.4 000 rpm
Câmbio automático, seis marchas, tração dianteira automático, seis marchas, tração dianteira
Direção hidráulica, 11,2 m (diâmetro de giro) eletro-hidráulica, 12,1 m (diâmetro de giro)
Suspensão McPherson (diant.), multilink (tras.) McPherson (diant.), eixo rígido (tras.)
Freios discos ventilados (diant.)/sólidos (tras.) discos ventilados (diant.)/ sólidos (tras.)
Pneus 235/60 R18 225/65 R17
Peso 2.115 kg 2.110 kg
Peso/potência 7,8 kg/cv 7,45 kg/cv
Peso/torque 66,5 kg/mkgf 60,3 kg/mkgf
Dimensões comprimento, 511,5 cm; largura, 198,5 cm; altura, 175,5 cm; entre-eixos, 306 cm; tanque de combustível, 80 l comprimento, 514 cm; largura, 200 cm; altura, 175 cm; entre-eixos, 308 cm; tanque de combustível, 76 l
Equipamentos de série ar-condicionado trizone, volante multifuncional, central multimídia, piloto automá­tico, computador de bordo, faróis de xenônio, bancos de couro, seis airbags, ESP, teto solar, sensor de estacionamento (diant. e tras.) e detector de pontos cegos. ar-condicionado trizone, volante multifuncional, central multimídia, piloto automático, computador de bordo, faróis de xenônio, bancos de couro, seis airbags, ESP, sensor de estacionamento (tras.), chuva, luz de pressão dos pneus.
Continua após a publicidade
Publicidade