Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Audi RS Q3 e Porsche Macan GTS andam juntos, mas qual é o melhor?

Menor e mais potente, o Audi RS Q3 Sportback tem a chance de mostrar que pode peitar o primo Porsche Macan GTS, que tem preço equivalente

Por Henrique Rodriguez 4 out 2021, 15h12
Audi RS Q3 Sportback x Porsche macan Gts
Só a cor do RS Q3 custa o mesmo que um bom carro seminovo: R$ 37.000 Fernando Pires/Quatro Rodas

Sabe aquele primo distante que só aparece no Natal, quando a família exalta os próprios feitos (o carro, o novo emprego, uma viagem) e pergunta: “E você?”. Faz parte da vida. Às vezes, a comparação é inevitável.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

Veja o caso do Audi RS Q3 Sportback: é a versão topo de linha e mais potente do Q3, além de ser o único que também pode ser comprado com carroceria à moda dos cupês, com caimento acentuado da traseira alinhado à proposta esportiva.

Parece ser tudo que um SUV da Audi gostaria, mas custa mais caro até mesmo que o primo Porsche Macan GTS, maior e que não precisa de grandes exageros estéticos para chamar atenção e mostrar o que é capaz de fazer.

O Audi RS Q3 Sportback custa R$ 565.990, ou R$ 30.000 mais caro que a versão com carroceria convencional. A maioria dos seus opcionais não é cobrada: são meras opções que cabem ao comprador.

Audi RSQ3

Pode-se escolher as cores para as costuras contrastantes do acabamento interno, há opção entre detalhes de alumínio, carbono e piano black, e o “chrome delete” na carroceria. O que realmente custa mais caro é essa cor Verde Kaylami: R$ 37.000.

O Porsche Macan GTS, por sua vez, parte de interessantes R$ 539.000 na linha 2021. Em compensação, a lista de opcionais e de itens que podem ser customizados tende ao infinito em quantidade e preço.

No mínimo, vale incluir a suspensão pneumática adaptativa, o pacote Sport Chrono que melhora o desempenho, sistema de vetorização do torque nas rodas traseiras com bloqueio do diferencial e interior que combina couro, costuras contrastantes e race-tex (uma espécie de camurça), o que vai custar cerca de R$ 47.000. Para ter ideia do nível de personalização, a Porsche cobra a mais pelo brasão estampado no apoio de braços (R$ 1.783) e nos encostos de cabeça dianteiros (R$ 3.012), e até pelas alças no teto revestidas de couro (R$ 5.153).

Audi RSQ3
O Audi RS Q3 concentra tudo que pode nas telas coloridas Fernando Pires/Quatro Rodas
Audi RSQ3
Audi tem posição de dirigir mais alta. Carroceria não prejudica tanto o espaço traseiro na comparação com a carroceria normal Fernando Pires/Quatro Rodas
Audi RSQ3
Fernando Pires/Quatro Rodas

Pela hierarquia do Grupo Volks-wagen, esse comparativo não poderia acontecer. A Porsche está um degrau acima da Audi (o que explica o nível de personalização disponível) no rol das marcas de luxo da família e o Macan, na verdade, tem porte mais próximo do Q5, que, porém, não conta mais com a versão esportiva (S Q5) com motor a gasolina, só diesel. Mas o Audi não está totalmente desamparado para este embate. Muito pelo contrário.

Baseado na plataforma MQB, para motores transversais, o RS Q3 usa a versão mais moderna do lendário motor cinco-cilindros 2.5 que fez história nas competições. Agora é biturbo e tem injeção direta e indireta para entregar respeitáveis 400 cv e 48,9 kgfm – ganho de 60 cv e 3 kgfm na comparação com a geração anterior.

O ronco metálico, que já era instigante, agora é amplificado pelo escapamento esportivo RS, dependendo do modo de condução definido pelo motorista – que também pode configurar dois modos extras de acordo com as próprias preferências, acessíveis por botão exclusivo no volante.

Continua após a publicidade
Porsche Macan
Menor SUV da Porsche tem traseira com caimento mais natural. Posição de dirigir é mais baixa e há bom espaço atrás Fernando Pires/Quatro Rodas

Mesmo nos modos mais dóceis, o RS Q3 deixa a pegada esportiva bem evidente. A troca da antiga plataforma PQ35 pela MQB contribuiu para um rodar melhor, mais sólido e que também transmite leveza. A suspensão é sempre firme, tanto por não ter amortecedores ajustáveis quanto por conta dos pneus de perfil baixo necessários para receber os aros de 21 polegadas.

O que muda de acordo com o modo de condução é o tempo de resposta ao acelerador, o peso da direção – que tem relação variável – e o comportamento do câmbio S-Tronic, de dupla embreagem e com sete marchas, que vai do insosso modo Efficiency ao insano Sport. Com ele, inclusive, a tração integral quattro fica liberada para que até 100% da força do motor seja enviada para as rodas traseiras.

  • O Porsche Macan GTS usa o mesmo motor do Audi RS 4 Avant, mas em uma versão mais mansa. No SUV, o V6 2.9 twin-turbo entrega 380 cv (em vez de 450 cv) e 53 kgfm, mas seu câmbio de dupla embreagem e sete marchas PDK tem acoplamento mais preciso em condução normal e é incrivelmente rápido quando exigido (na comparação com o câmbio da Audi).

    A tração integral prioriza a força no eixo traseiro, podendo chegar a 100% traseira ou a 50/50. Variar entre os modos Normal, Sport e Sport Plus garante uma completa mudança de comportamento. Vai além das respostas de motor, câmbio e direção. Tem a experiência sensorial do ronco mais rouco e com estouros no escape nas trocas no limite das rotações, e também da suspensão.

    Além do conjunto de molas pneumáticas, a reação do carro pode mudar por efeito dos amortecedores eletrônicos. Graças ao sistema PASM, de gerenciamento ativo da suspensão, eles seguem a predefinição do modo de condução e são capazes de alterar seu comportamento em tempo real e de forma independente para cada roda de acordo com a situação da via.

    Porsche Macan
    Macan segue a tradição com mostradores analógicos e botões Fernando Pires/Quatro Rodas
    Porsche Macan
    Menor SUV da Porsche tem traseira com caimento mais natural. Posição de dirigir é mais baixa e há bom espaço atrás Fernando Pires/Quatro Rodas
    Porsche Macan
    Fernando Pires/Quatro Rodas

    Na pista, a precisão do Macan GTS impressiona e quase dá para esquecer que é um SUV. A posição do banco, o tamanho do volante e a visibilidade são de um Porsche legítimo: absolutamente perfeitos. A altura da carroceria passa longe dos 911 ou 718, mas é baixa até na comparação com o RS Q3, que tem posição de dirigir alta.

    O quadro de instrumentos prioritariamente analógico e a quantidade de botões no console também são típicos de um Porsche, enquanto o Audi se garante nas telas coloridas e em poucos atalhos para configurações.

    O Porsche andou um pouco mais rápido na pista: 4,4 s no zero a 100 km/h contra 4,7 s do Audi. Nas retomadas, pequenas vantagens. Ainda assim, um sinal de superação para um carro maior, mais pesado e com 20 cv a menos. O Macan GTS é um SUV esportivo impressionante.

    Mas nem tudo está perdido para o Audi RS Q3 Sportback. Isso porque o Macan será reestilizado na linha 2022 e, com ela, o GTS passará aos 440 cv, aposentando o Macan Turbo. As encomendas já podem ser feitas, mas o preço agora é R$ 635.000. O primo exemplar será, enfim, colocado em seu devido lugar.

    Veredicto

    O RS Q3 se defende muito bem como um SUV esportivo, mas o Macan GTS consegue disfarçar que é um SUV e tem o preço a seu favor. Pelo menos por enquanto.

    Teste feito por QUATRO RODAS

    Audi RS Q3 Porsche Macan GTS
    Aceleração
    0 a 100 km/h 4,7s 4,4 s
    0 a 1.000 m 23,2 s – 230,4 km/h 23,4 s – 222,7 km/h
    Velocidade máxima 250 km/h* 261 km/h*
    Retomadas
    D 40 a 80 km/h 2,6 s 2,3 s
    D 60 a 100 km/h 2,5 s 2,5 s
    D 80 a 120 km/h 3,3 s 3,2 s
    Frenagens
    60/80/120 km/h a 0 13,2/23,2/51,3 m 13,5/24,9/54,2 m
    Consumo
    Urbano 8,2 km/l 7,4 km/l
    Rodoviário 12 km/l 10,5 km/l
    Ruído interno
    Neutro/RPM máx. 44,1/68,1 dBA 40,3/68 dBA
    80/120 km/h 64,3/67,7 dBA 61,2/65,3 dBA
    Aferição
    Velocidade real a 100 km/h 97 km/h 97 km/h
    Rotação do motor
    a 100 km/h em 5a marcha
    1.750 rpm 1.750 rpm
    Volante 2 voltas 2,5 voltas
    Seu Bolso
    Preço básico R$ 565.990 R$ 539.000
    Concessionárias 50 10
    Garantia 2 anos 3 anos

    Condições de teste: alt. 660 m; temp., 35/27 °C; umid. relat., 44/47%; press., 1.012/1.014 mmHg

    AUDI RS Q3
    Motor cinco-cilindros soma 45 anos de evoluções. Porta-malas do cupê é o mesmo do Q3 normal: 530 litros Fernando Pires/Quatro Rodas

    Ficha Técnica Audi RS Q3 Sportback

    • Motor: gas, diant., transv., 5 cil., 20V, biturbo, injeção direta e indireta, 2.480 cm³, 400 cv a 5.900 rpm, 48,9 kgfm a 1.950 rpm
    • Câmbio: dupla embreagem, 7 m., tração integral
    • Direção: elétrica
    • Suspensão: McPherson (diant.), multilink (tras.)
    • Freios: disco ventilado (diant. e tras.)
    • Pneus: 255/40 R20
    • Peso: 1.775 kg
    • Dimensões: compr., 450,7 cm; larg., 185,1 cm; alt., 154,8 cm; entre-eixos, 268 cm; porta-malas, 530 l; tanque, 64 l
    Porsche Macan GTS
    V6 do Macan: um turbo para cada bancada de cilindros. Porta-malas é menor: são 488 litros de capacidade Fernando Pires/Quatro Rodas

    Ficha Técnica Porsche Macan GTS

    • Motor: gas, diant., longit., 6 cil. em “V”, 24V, biturbo, injeção direta, 2.894 cm³, 380 cv a 5.200 rpm, 53 kgfm a 1.750 rpm
    • Câmbio: dupla embreagem, 7 m., tração integral
    • Direção: elétrica
    • Suspensão: McPherson (diant.), multilink (tras.); molas pneum.
    • Freios: disco ventilado (diant. e tras.)
    • Pneus: 265/45R20 (diant.), 295/40R20 (tras.)
    • Peso: 1.910 kg
    • Dimensões: compr., 468,6 cm; larg., 192,6 cm; alt., 160,9 cm; entre-eixos, 280,7 cm; porta-malas, 488 l; tanque, 65 l

    *Dados de fábrica

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

    Capa 749
    Arte/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade