Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Atualizado de novo, Chery Tiggo 7 Plus é híbrido e faz até 16,9 km/l

Nova versão topo de linha terá opção de motorização híbrida, além de receber o motor 1.6 turbo do Tiggo 8

Por João Vitor Ferreira Atualizado em 31 ago 2021, 11h58 - Publicado em 30 ago 2021, 18h54
Tiggo 7 Plus china
Divulgação/Chery

A Chery apresentou no Salão do Automóvel de Chengdu, na China, o novo Tiggo 7 Plus. Trata-se de uma atualização do Tiggo 7 Pro, que nem sequer teve tempo de chegar ao Brasil antes de mudar de visual. Talvez a espera valha a pena: entre suas principais novidades está a nova mecânica híbrida.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

O motor 1.5 turbo de 147 cv, já usado no Tiggo 7 base, retorna na versão Plus junto com o câmbio manual. Em uma configuração acima, porém, este mesmo motor (que no Brasil é flex e tem 150 cv) é somado a um motor de partida de 48V, que também ajuda a mover o carro. Esse sistema híbrido leve aumenta a potência do SUV para aproximadamente 170 cv. O consumo médio reduz dos 14,7 km/l para 16,9 km/l.

A segunda opção de motor é o mesmo 1.6 turbo com injeção direta de 197 cv e 29 kgfm encontrado no Tiggo 8. Com tração dianteira, ele também repete o câmbio de sete velocidades e dupla embreagem do irmão maior.

Traseira Tiggo 7 Plus
Segundo a Chery, a versão 1.6 faz de 0 a 100 km/h em 8,28 segundos e consumo de 6,6L a cada 100 km Reprodução/Internet

Por fora, não houve grandes alterações. A versão Plus continua com o mesmo design básico e dimensões da anterior. As exceções são uma leve esticada na grade dianteira, falsos dutos de ar na frente dos para-lamas, novo desenho para os para-choques e as rodas aro 19, que substituem as antigas de aro 18. Na traseira, o spoiler ficou um pouco mais proeminente.

Continua após a publicidade
  • Assim como na mecânica, o novo Chery Tiggo 7 Plus terá interior mais parecido com o do Tiggo 8. Começando pela tela digital integrada, que une o quadro de instrumentos à central multimídia, cada uma com 12,3 polegadas. O sistema de infoentretenimento é equipado com o novo software Lion 4.0, permitindo interação com uma inteligência artificial por comandos por voz.

    Interior Tiggo 7 Pro chines
    O interior com telas integradas não estará disponível na versão com câmbio automático e motor 1.5 Auto Review/Reprodução

    O console e túnel centrais receberam uma atualização para acomodar o novo ar-condicionado de duas zonas, que terá dois botões giratórios em vez do painel touchscreen. Todo o acabamento interno é em couro e, de fábrica, o carro virá com chaves digitais Bluetooth, acionadas pelo celular do condutor.

    interior Tiggo 7 Plus

    Para o sistema de som, a Sony preparou um conjunto personalizado. Ao todo são quatro alto-falantes de alta frequência e outros quatro de baixa para dar uma qualidade de som diferenciada ao SUV.

    Sem preço definido, o crossover deve começar a ser vendido na China até o fim de dezembro. Já no Brasil, que está na primeira geração do Tiggo 7, a renovação da família está certa e acontecerá a partir de 2022.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

    Quatro Rodas

    Capa quatro rodas 748 agosto 2021
    Capa quatro rodas 748 agosto 2021 A edição 748 de QUATRO RODAS já está nas bancas!
    Clique e Assine
    Continua após a publicidade
    Publicidade