Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

VW nega aposentadoria de chairman

Jornal alemão citou problema de saúde com Ferdinand Piëch

Por Redação Atualizado em 9 nov 2016, 12h42 - Publicado em 7 set 2013, 12h27
mercado

A Volkswagen divulgou comunicado oficial em que nega a aposentadoria de Ferdinand Piëch, ex-CEO e atual chairman global da montadora. O desmentido surge depois de o jornal alemão Handelsblatt ter publicado uma reportagem em que citava problemas de saúde como o motivo da retirada de cena de Piëch.

“Dr. Piëch está nas melhores condições de saúde possíveis e seguirá como chairman da Volkswagen por um longo tempo”, diz a nota da marca. Atualmente, o executivo está com 76 anos de idade.

Em sua matéria, o Handelsblatt dizia que Piëch teria indicado Martin Winterkorn, atual CEO da VW, como seu sucessor. Outra possibilidade seria Hans Dieter Poetsch, chefe-financeiro da companhia.

Continua após a publicidade

Publicidade