Clique e assine por apenas 8,90/mês

VW Fusca pode deixar de ser produzido em 2018

Enquanto algumas especulações apontam para o corte de custos, outras dizem que ele sairá para dar lugar a mais SUVs

Por Guilherme Fontana - Atualizado em 9 nov 2016, 14h55 - Publicado em 15 abr 2016, 15h24
Volkswagen Fusca

Um dos modelos mais icônicos à venda atualmente, o Volkswagen Fusca (ou Beetle, como se manteve em mercados como os EUA) pode estar próximo do fim. De acordo com novas especulações da imprensa internacional, o modelo terá sua produção encerrada no ano de 2018, repetindo o hiato entre o Fusca original e a primeira geração do New Beetle.

O principal motivo, segundo rumores dos sites americanos Autoblog e Autoline, é a maior abertura para a produção de novos SUVs. A medida, se verdadeira, não causará grandes surpresas, uma vez que o segmento dos utilitários esportivos cresce desenfreadamente em todo o mundo. As informações vão ainda mais afundo: atualmente fabricado em Peubla, no México, o Fusca poderá ceder espaço para o novo Tiguan.

Enquanto isso, outras especulações tomam conta de que o Fusca será descontinuado por questões de custos. As baixas do modelo não estariam justificando os gastos, que poderiam ser destinados a cobertura da dívida referente ao escândalo do Dieselgate. Um terceiro apontamento diz que uma nova geração do modelo está em desenvolvimento. A Volkswagen não comenta o caso. 

No Brasil, o modelo continua à venda em versão única com motor 2.0 TSI, tabelada em R$ 105.320.

Publicidade