Volkswagen T-Cross terá versão exclusiva para PCD por R$ 69.990

Modelo chegará às lojas em novembro com motor 1.0 turbo de 128 cv; preço pode baixar a R$ 57.690 com isenções

Versão Sense deverá manter visual do 200 TSI

Versão Sense deverá manter visual do 200 TSI (Divulgação/Volkswagen)

O Volkswagen T-Cross deverá ganhar uma nova versão Sense, exclusiva para público PCD, que chegará às concessionárias no mês de novembro por R$ 69.990.

Com as isenções de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), o valor final chegará aos R$ 57.630.

Modelo para PCD deverá ter rodas de aço

Modelo para PCD deverá ter rodas de aço (Divulgação/Volkswagen)

Segundo QUATRO RODAS apurou junto a vendedores, o modelo não será oferecido ao público em geral, como Polo e Virtus destinados a PCD – e também batizados Sense.

A lista de itens de série do SUV tem como itens de série já confirmados: seis airbags, rodas de liga leve aro 16, luzes diurnas em led, faróis de neblina, sensores de estacionamento traseiros, volante multifuncional, central multimídia, controle de estabilidade, vidros elétricos com função “um-toque” e ar-condicionado.

Além disso, a Volkswagen aplicará a esta versão a mesma promoção que oferece as três primeiras revisões grátis (desde que o serviço inclua apenas o pacote básico previsto).

Versão Sense manterá controle de som no volante da 200 TSI

Versão Sense manterá controle de som no volante da 200 TSI (Divulgação/Volkswagen)

Sem nenhuma configuração específica para PCD, o T-Cross era oferecido pela VW com descontos equivalentes ao valor do ICMS e que poderiam chegar aos R$ 20.000, dependendo da versão.

Com os descontos, o T-Cross saia por cerca de R$ 72.000 na opção de entrada 200 TSI com câmbio manual, de R$ 84.990, e quase R$ 80.000 na 200 TSI automática de R$ 94.490.

Destinado ao público PcD, Polo Sense traz motor 1.0 de até 128 cv

Destinado ao público PcD, Polo Sense traz motor 1.0 de até 128 cv (Divulgação/Volkswagen)

O motor do novo T-Cross Sense será igual às demais versões de entrada do SUV: três cilindros 1.0 turbo com 128 cv e 20,4 mkgf. Já o câmbio será sempre automático de seis marchas, com controle de estabilidade e assistente de partida em rampas.

De acordo com concessionários, as encomendas começarão em novembro, mas as primeiras unidades devem ser entregues, de fato, em janeiro de 2020. Confira a resposta oficial da Volkswagen na íntegra:

“A empresa está trabalhando para oferecer uma versão para PcD do T-Cross. No momento oportuno vamos divulgar mais detalhes sobre essa nova versão”

Atualizado em 05/11 às 18h05 com novas informações de preço e itens de série.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Martinho Franco

    “Mas não haverá comandos de som no volante”. Claro, não precisa de comandos no volante, afinal, pessoas que têm algum tipo de deficiência não gostam/precisam de comandos no volante. Só rindo….