Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Vídeo: Por que a Volkswagen não consegue tirar o Gol de linha?

Compacto está no mercado brasileiro há mais de 30 anos e a marca alemã já fez algumas tentativas para aposentar o modelo

Por Isadora Carvalho 27 Maio 2021, 17h05

O Volkswagen Gol é o modelo mais vendido da história no Brasil. Mesmo com tanto sucesso, a fabricante tenta tirar o compacto de linha há mais de 20 anos, mas não consegue.

Assim, o modelo segue sem apresentar uma nova geração desde 2008, o que significa ainda que ele não é produzido sobre a atual plataforma modular MQB. Além da defasagem como produto, isso fará com que seu custo de produção seja cada vez maior.

Quer saber o por que ele segue vivo? Confira o vídeo. 

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

Continua após a publicidade

A primeira tentativa de aposentar o Gol foi durante a chegada do Polo, nos anos 2000. Porém, o custo de produção elevou o preço do modelo mais novo, que acabou ficando em uma categoria superior. A segunda foi com o Fox, lançado em 2003. Com faixas de preços bem próximas, ambos conviveram bem no mercado e o Gol continuava atingindo boas metas de vendas.

Versão Highline vem com motor 1.6 16V de 120 cv de potência (com etanol)
A chegada do Fox foi uma tentativa de descontinuar o Gol, mas não deu certo Christian Castanho/Quatro Rodas

Por fim, a terceira e mais recente tentativa veio com o lançamento do Up!, em 2014, mas o subcompacto fracassou na missão e também não conseguiu desbancar as vendas de um dos modelos mais antigos a venda no Brasil.

O Up! já teve sua produção interrompida em abril e, ao que tudo indica, os próximos da lista da aposentadoria serão o Fox e, finalmente, o Gol. QUATRO RODAS confirmou que o VW Polo Track deverá substituir os três compactos de uma só vez.

  • Porém, depois de tantas tentativas, só acreditaremos no fim do Volkswagen mais vendido do país após o anúncio oficial. Isso porque, existe ainda a possibilidade de a VW lançar uma nova geração do Gol graças a um novo aporte de investimentos, que possibilitaria a produção do compacto sobre a plataforma MQB.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Capa Maio 2021

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade